Temporada 1 Episódio 2

  • 1.2

    Capítulo 2

    • Comenários 0
  • Herivelto continua relembrando sua história com Dalva. Ele lembra que Dalva o flagrou com Estela no carro. Eles discutiram, mas Herivelto tentou desconversar repreendendo a cantora por sua aparência. Nesta época, Herivelto compôs uma música com Grande Otelo sobre a Praça Quinze. E os dois apresentaram o novo samba no palco do Clube Fluminense. Otelo se surpreendeu neste dia quando Herivelto entrou no palco com um apito e começou a reger a escola de samba com o instrumento. O samba de Otelo e Herivelto ganhou o concurso no Fluminense e Ataulfo Alves os parabenizou. Eles foram comemorar no Café Nice e Dalva ficou esperando por Herivelto dormindo dentro do carro. Dalva encontrou um brinco no carro e, enciumada, começou a brigar com o marido. Herivelto conseguiu convencer Dalva de que a ama e ela desistiu de continuar a briga. Alice aconselhou a filha Dalva a ser mais tolerante com o marido. Enquanto isso, Ricky Valdez continuou a cortejar Dalva de Oliveira durante as apresentações no Cassino da Urca. Herivelto percebeu e ficou nervoso. Os dois brigaram e Dalva agrediu Herivelto. Arrependida, a cantora chorou por ter brigado com o marido e não conseguiu gravar uma canção com Chico Alves. Dias depois, Ricky Valdez presenteou Dalva com rosas amarelas. Os dois se beijaram e Herivelto flagrou. Herivelto ficou furioso. Um tempo depois, Herivelto viu Lurdes pela primeira vez, dentro de um avião, e ficou fascinado com sua beleza. Dois anos se passaram e Herivelto continuou seguindo Lurdes. Herivelto impôs uma condição para deixar de seguir Lurdes: tirar uma foto com ela. Dalva viu a foto no bolso de um terno de Herivelto e ficou sem ação. Depois destas lembranças, já em 1972, Lurdes vai visitar Dalva no hospital.

Deixe seu comentário