Temporada 8 Episódio 8

  • 8.8

    A Grande Família Silva

    • Comenários 0
  • Tuco aparece em cena com uma câmera nas mãos. Ele vai retratar quem ele é e mostrar em um vídeo como vive e o que faz, contando um pouco de seu dia a dia. É quando Lineu e Nenê invadem a cena e Gina tenta explicar que Tuco está gravando um documentário para inscrever em um festival de cinema amador, que tem a família como tema. Nenê se empolga e Lineu diz que era melhor o filho procurar um emprego mais tradicional nos classificados. Mas basta saberem que estão sendo filmados, para tudo mudar completamente. Nenê faz aparições com roupas mais produzidas e Lineu se sente intimidado. Fingir que a câmera não está lá, não é uma tarefa simples. Tuco se irrita com o caos da família, que quer interferir na realidade, e Marilda sugere, então, que ele escreva um roteiro para o documentário, e inclusive se disponibiliza para fazê-lo. Mas ela fica mesmo com a tarefa de maquiadora e Tuco assume a redação. Agostinho tenta capitalizar em cima do documentário e vende para Beiçola um merchandising da pastelaria.

    O documentário ganha vários autores e se transforma em uma verdadeira comédia a cada refilmagem: Tuco dramatiza a realidade para ganhar em emoção; Lineu escreve as cenas em um português impecável; Beiçola quer ser a estrela do filme; e Nenê transforma a vida da família em um comercial de margarina. Tuco descobre que retratar a realidade não é tão fácil assim. "Não tem jeito, quando vemos uma câmera, acabamos inventando um personagem, não nos mostramos. E tudo acaba virando um jogo."

Deixe seu comentário