Temporada 8 Episódio 4

  • 8.4

    A dona da festa

    • Comenários 0
  • Um churrasco oferecido por Agostinho movimenta o Dia das Mães. Aliás, esse é sempre um dia muito esperado por Nenê e Bebel. Para evitar as confusões que se repetem anualmente quando decidem sair para almoçar fora, elas idealizam o tal churrasco, mas é Agostinho que se responsabiliza por tudo. "Ano passado, ia bancar a festa e não consegui. Mas, neste ano, vou dar à família Silva o melhor Dia das Mães que ela já viveu em toda sua existência!", diz o taxista, prometendo que o evento vai ser animado.

    Pão de alho, queijo coalho no palito, linguiças fresquinhas, quilos de alcatra, corações de galinha e... Picanha! Nada faltou na sacola de Agostinho e até mesmo Lineu, que sempre se opõe ao genro, fica orgulhoso. O churrasco começa, a vizinhança comparece e até improvisa um pagode. O taxista comanda a churrasqueira, enquanto Abigail (Marcia Manfredini) e Beiçola se encarregam dos comentários maldosos sobre a comemoração.

    Enquanto isso, Lineu tenta consertar um problema emergencial nos encanamentos e Marilda chega com dores nas costas. O mal-estar aumenta e, no meio da festa, ela dá um grande mau jeito na coluna e Nenê resolve levá-la ao hospital, mas fica triste em ter que deixar os convidados.

    Todos correm para o pronto-socorro e o serviço de encanamento acaba ficando por conta de Gina e Tuco, que só atrapalha a namorada, que diz entender tudo de hidráulica. No hospital, Nenê percebe que o problema da cabeleireira não será de fácil solução e, depois de uma discussão, decide voltar para aproveitar seu dia tão especial. O problema é que chegando se depara com o caos e o arrependimento bate a sua porta!

Deixe seu comentário