Qual é a sua opinião das novas séries do próximo fall season, baseada apenas nos vídeos promocionais liberados pelas emissoras americanas? A equipe do Minha Série resolveu compartilhar o que espera das novas produções: hoje falaremos das comédias da NBC. Quais delas vamos conferir e quais já parecem um caso perdido?

Go On

O queé: Matthew Perry, de Friends, interpreta um comentarista esportivo que é obrigado a frenquentar terapia em grupo depois da morte de sua esposa.

Joana: Matthew Perry é dono do meu amor eterno, então é claro que eu vou assistir! Também gostei da sinopse e dos vídeos, que mostram uma comédia com uma boa pitada de drama para contrabalancear.

Bárbara: O trailer me agradou bem mais do que a sinopse e pareceu anos-luz melhor que o fracasso que foi Mr. Sunshine. Achei o vídeo divertido, principalmente com o “Chandler” fazendo um concurso entre as pessoas com história mais triste no grupo de terapia. E o Chris de Todo Mundo Odeia o Chris também está na série? Agora mesmo é que eu vou ver!

Beatriz: Com o fracasso de Mr. Sunshine, a carreira de Matthew Perry deu um passo para trás. Porém, Go On pode levar o ator de volta para o patamar de ótimo ator de comédia, caso ela realmente consiga dosar drama e humor. O trailer é bastante promissor e eu aposto que a série será bem sucedida. Pelo menos terá a minha audiência.

The New Normal

O que é: Casal gay escolhe uma mulher para ser sua barriga de aluguel - de Ryan Murphy, criador de Glee.

Joana: Confesso que quando li a sinopse achei a história bem boba e estereotipada. Então qual não foi a minha surpresa quando assisti aos trailers e gostei! Achei os poucos diálogos que vi inteligentes e com uma agradável pontada de sarcasmo. Conseguiu me convencer a, pelo menos, conferir o piloto.

Beatriz: A família tradicional está fora de moda, portanto, nada como uma história de um casal gay em busca de uma barriga de aluguel para criar uma nova comédia “descolada”. Confesso que fico um pouco apreensiva, com medo que a série apele para os estereótipos ao invés de ser uma comédia inteligente como Modern Family. Acompanharei, mas com o pé atrás.

Bárbara: O trailer mostra que esta é uma das comédias mais bem produzidas e promissoras do canal. Os protagonistas são cativantes e ainda temos um grande tema atual sendo tratado: o preconceito. O nome de Ryan Murphy na produção não me anima tanto (para mim, Glee se perdeu há muito tempo), mas espero que possa ter o frescor que a primeira temporada da sua outra comédia tinha.

Animal Practice

O que é: Um veterinário que ama animais e detesta pessoas comanda um hospital. Terá JoAnna Garcia (Better With You) no papel da protagonista, no lugar da atriz que aparece neste trailer.

Bárbara: Vou confessar: eu adoro comédias bobas assim. Essa mistura de Scrubs e House com o macaquinho Marcel de Friends vai garantir a minha audiência no primeiro episódio. Achei super engraçadas diversas cenas — agora se vai fazer sucesso com o público em geral, já tenho minhas dúvidas...

Joana: Sou realmente louca por animais, mas nem assim consegui me animar com a sinopse ou os vídeos promocionais. Achei tudo muito exagerado e cansativo.

Beatriz: Apesar de não me agradar particularmente, a comédia tem tudo para fazer sucesso. Entretanto, é necessário evoluir na narrativa, uma vez que o macaquinho fofo só conseguirá surpreender nos primeiros episódios.

Guys With Kids

O que é: Três amigos tentam se adaptar à realidade de ser pais.

Bárbara: A tentativa de ser uma comédia moderna foi totalmente fracassada, porque ela parece ultrapassada, uma verdadeira sitcom dos anos 90. Aliás, toda a tentativa de ser uma comédia foi fracassada. Nada engraçado o trailer, imagine meia hora disso!

Beatriz: Abusando do formato clássico das sitcoms, Guys With Kids foi a comédia que menos se destacou na lista da NBC. Mais do mesmo, sinceramente.

Joana: Outra comédia na NBC que mostra adultos tendo dificuldades em lidar com suas responsabilidades. Tema batido e sem graça! Cadê a criatividade desse povo?

Next Caller

O que é: Machão precisa dividir seu programa de rádio com nova colega de trabalho.

Beatriz: Apesar de acreditar que a série não vai para frente, eu gosto de comédias que mostram o confronto homem machão x mulher feminista. Claro, a série tem tudo para ser recheada de clichês, em que ambos os sexos aprendem com o outro, entretanto, dependendo das situações, ela pode até surpreender. Fica o nosso voto de confiança pra Dane Cook.

Joana: Particularmente, acho que esse tema de disputa entre homens e mulheres já deu o que tinha para dar. Os vídeos também não empolgaram. A NBC está se superando no quesito mesmice.

Bárbara: Se o primeiro episódio for tão sem graça quanto parece nestas poucas cenas inéditas liberadas, espero que a série seja cancelada o mais rápido possível. Comédias de ambiente de trabalho onde há guerra de sexos precisam de alguma novidade para chamar atenção dentro deste tema tão saturado.

Save Me

O que é: Mulher acredita ter conexão direta com Deus, depois de uma experiência de quase morte; com Anne Heche, de Men in Trees.

Bárbara: A sinopse me deixou receosa e a falta de um trailer com mais cenas inéditas não ajuda na hora de formar uma melhor opinião. Se bem feita, a série pode superar as expectativas, mas duvido que seja um estouro de audiência.

Joana: Achei a proposta da série interessante, mesmo não sendo realmente um tema inédito. Gosto bastante da protagonista (Anne Heche) e acredito que pode dar certo, dependendo basicamente de como vão apresentar o tema sem ficar piegas ou repetitivo.

Beatriz: Ai, que preguiça! Sinceramente, entre séries de pessoas que falam com Deus, nenhuma vai superar a saudosa Joan of Arcadia, produção com duas temporadas (cancelada pela ABC). Anne Heche no papel de mulher que tem uma epifania me deixa apreensiva, já que pode descambar para o piegas. Veremos.

1600 Penn

O que é: A Casa Branca nunca mais será a mesma com as confusões de um dos filhos da primeira família.

Beatriz: Apesar do trailer não ter me agradado, já que mostra uma cena bem boba, darei uma chance para 1600 Penn. Afinal, não é possível que Bill Pullman e Jenna Elfman tenham entrado em um barco furado, não é mesmo? Espero que eles não me decepcionem.

Bárbara: Outro exemplo de comédia boba que eu curto e que vai ter pouca audiência provavelmente. Eu chego a ter vergonha de dizer que ri com esse trailer. Um ponto positivo a meu favor: tem a Dharma de Dharma & Greg! Outro ponto positivo: tem o presidente do Independence Day!

Joana: Ver um adulto agindo como criança não me atrai nem um pouco! Não gosto de comédia estilo pastelão e, pelos vídeos divulgados, é exatamente o que me parece.

***

Veja também nossas opiniões sobre as novas séries da CW e os dramas estreantes da NBC!