O FBI voltou a investigar um dos casos mostrados na 1ª temporada da série da Netflix Unsolved Mysteries (Mistérios Sem Solução). Alonzo Brooks foi assassinado em uma trama recheada de mistérios e teve seu corpo exumado pela polícia, que reabriu o caso que antes estava arquivado por falta de provas e evidências que pudessem ajudar na solução.

Alonzo Brooks (Netflix/Reprodução) 
Alonzo Brooks

No dia 1º de julho de 2020, a Netflix lançou os seis episódios da 1ª temporada de Unsolved Mysteries (Mistérios Sem Solução). Cada episódio traz uma história misteriosa e ainda não solucionada pela polícia. 

O quarto capítulo, intitulado “No Ride Home”, mostrou a morte do jovem Alonzo Brooks, que foi encontrado morto em uma floresta após desaparecer em uma festa no interior dos Estados Unidos, no dia 1º de maio de 2004.

Agora, com as evidências mostradas na série, a polícia atualizou o caso como “possível crime de ódio”, e o perfil oficial da série no Twitter compartilhou a informação de que o FBI está oferecendo uma recompensa de US $ 100 mil para quem tiver alguma pista que possa ajudar a resolver o crime.

Vendo a movimentação do público no Reddit, a Netflix resolveu contribuir ainda mais para a investigação do público, divulgando alguns arquivos inéditos da série em um Google Drive. Os arquivos estão separados por episódios e podem ser vistos por qualquer um que acesse o Drive.

Texto escrito por Marcelo de Morais via Nexperts.