Com o lançamento do filme Festival Eurovision da Canção: a Saga de Sigrit e Lars na Netflix, muitas pessoas começaram a se perguntar se as vozes potentes do longa realmente pertencem às estrelas Rachel McAdams, Will Ferrell e Dan Stevens. E a resposta é: mais ou menos.

No caso de Ferrell, a voz é 100% real. Em canções como Double Trouble, Happy e Volcano Man, o ator canta os próprios trechos, o que surpreendeu muitos fãs do filme.

McAdams, porém, pegou a voz emprestada da cantora sueca Molly Sanden, participante do concurso Eurovision em 2006.

Stevens também dublou um cantor sueco: Erik Mjönes. O plano inicial era gravar a voz do ator, mas a pandemia do coronavírus precisou acelerar o processo de pós-produção do filme; logo, a gravação com Mjönes seria mais rápida.

Mais sobre Festival Eurovision da Canção: a Saga de Sigrit e Lars

Já disponível na plataforma de streaming, o filme conta a história de Sigrit e Lars, cantores islandeses que desejam vencer o campeonato de música. Mas o sonho parece ser dificultado por intrigas, rivalidades e acidentes ao longo do caminho. Amigos de infância, eles devem percorrer uma longa jornada repleta de lealdade e vontade de ganhar.

O evento existe e é conhecido como uma das principais competições musicais da Europa. A edição de 2020 precisou ser adiada por conta da pandemia e deve acontecer em 2021. O comentarista do festival, Graham Norton, aparece no filme como ele mesmo.

Além de McAdams, Ferrell e Stevens, o elenco de Eurovision conta com a pop star americana Demi Lovato, responsável pela canção In The Mirror. A trilha sonora do filme está disponível no Spotify.

Texto escrito por Flávio Motta Coutinho via Nexperts.