Logo após o lançamento do filme Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars, na última sexta-feira (26), o longa dirigido por David Dobkin figurou instantaneamente no Top 10 da Netflix.  Contando com Will Ferrell e Rachel McAdams no elenco, a comédia diverte e nos fazer querer sair cantando!

filme conta a história de cantores islandeses com nomes quase impronunciáveis para nós (Lars Erickssong e Sigrit Ericksdottir) quando eles têm a incrível chance de representar seu país em um concurso de música super importante — o Festival Eurovision da Canção, que realmente existe na vida real e também faz parte do título.

(Reprodução) Netflix/Reprodução

O sucesso da produção, de certa forma, acaba questionando o modelo atual de se fazer comédias e lançá-las no cinema. Será que o público está mudando seus hábitos de consumo? Esse pensamento surge justamente em escala comparativa a outras comédias que fracassaram nas bilheterias, mas que são muito assistidas nas plataformas de streaming.

Mas Eurovision na Netflix também tem seus méritos, já que trata-se de uma comédia inventiva, com cenas bem orquestradas e personagens autênticos. O mais curioso é que Will Ferrell vive um protagonista que não tem medo de ser coadjuvante em alguns momentos, mostrando um vigor narrativo impressionante. Para a narrativa desse filme, as ações dos personagens importam até mais do que a própria comédia em si.

Vale a pena assistir Eurovision na Netflix?

As sequências musicais bem dirigidas apresentam referências divertidas e conseguem entreter seus espectadores sem apelar para temáticas sem sentido, que no final acabam apenas envergonhando a plateia. 

(Reprodução) Netflix/Reprodução

Nesse sentido, o roteiro não explora, de forma alguma, os participantes ou a competição da vida real, que neste ano foi cancelada devido ao coronavírus. Muito pelo contrário, o filme soa até mesmo como uma homenagem ao Festival. 

É como imaginar que aquelas personalidades criadas para divertir os espectadores estivessem apenas buscando seus lugares ao Sol — às suas maneiras.

Assim, é impossível não imaginar o que o elenco de Eurovision e a equipe passaram no desenvolvimento do longa. Certamente, todas as pessoas envolvidas com o filme se divertiram muito com os absurdos cômicos vistos em tela.

O sucesso da comédia já levanta discussões sobre uma continuação na Netflix. O serviço de streaming ainda não se pronunciou oficialmente sobre números ou se teremos um Eurovision 2, mas o público com certeza está ansioso para se divertir novamente com esses personagens.

Como foi assistir Eurovision na Netflix para você? Não deixe de nos dizer o que achou nos comentários!

Texto escrito por Matheus Rocha da Silva via Nexperts.