Logo em sua estreia, em 2017, ficou claro para o público que a série Darkna Netflixera tudo, menos simples. Agora, com a estreia da 3ª temporada de Dark, é seguro dizer que nada mudou. A explicação do final de Dark passa por diversos nós, ciclos e personagens, incluindo alguns novos, como Helene Albers, Kilian Obendorf, Hanno, e um personagem sem nome. Mas nós vamos chegar lá!   

A produção alemã, criada e desenvolvida pela dupla Baran bo Odar e Jantje Friese, trouxe aos espectadores ao longo de suas três temporadas questionamentos profundos, marcantes e, acima de tudo, coerência — sim, ainda bem que tudo faz sentido no final de Dark!

Embora para muitos a trama intrincada pareça difícil de entender, a terceira temporada de Dark, que chegou às 4h da manhã do sugestivo dia 27 de junho de 2020, lançou um desfecho que, apesar dos pesares, encerra de forma satisfatória tudo aquilo que havia sido apresentado anteriormente. E revela ainda que a ambição dos roteiristas é o que faz dela uma série única!

(Reprodução) Netflix/Reprodução

Atenção, spoilers à frente! Se você ainda não assistiu a última temporada de Dark, pare por aqui!

Descomplicando o final de Dark 3 na Netflix

O episódio 3x1 de Dark, “Déjà-vu”, se inicia logo após os eventos marcantes e explosivos da segunda season finale. E com ele, mergulhamos em um novo arco, algo bem incomum de se ver em últimas temporadas, já que elas existem para encerrar as tramas e responder dúvidas, e não começar novos ciclos. Mas em Dark, como bem sabemos, o fim é começo e o começo é o fim! 

No novo arco, os personagens de Dark descobrem que existem realidades alternativas ou espelhadas, nas quais os eventos têm determinadas ligações entre si que implicam em outros fluxos temporais. Por lá, novas dúvidas vão surgindo, já que é difícil de saber qual mundo é o verdadeiro e quem são os vilões e quem são os mocinhos. 

A chegada de uma nova Martha (também interpretada por Lisa Vicari) é explicada de forma minuciosa, já que a produção dedica seus primeiros episódios a explorar essas questões mais a fundo, mostrando alguns dos viajantes conhecendo mais sobre essa nova realidade e também o que aconteceria se certas situações, pessoas e fatos não estivessem mais presentes. neste novo mundo, por exemplo, descobrimos que Jonas não existe.  

Em suma, na última temporada de Dark, Jonas ainda precisa encontrar uma forma de salvar todos que ama. Porém, ele descobre que, além do mundo dele, há outro mundo no qual um loop temporal e o temido apocalipse também acontecem. Então, ele precisa entender as conexões entre essas duas realidades, encontrar a origem do loop temporal e impedi-lo de acontecer novamente. 

(Reprodução) Netflix/Reprodução

Quem é Helene Albers, Kilian Obendorf e Hanno? Conheça os novos personagens de Dark

Sim, no meio dessa confusão toda, ainda tivemos tempo para conhecer novos rostos na 3ª temporada de Dark. Porém, claro, esses personagens não estavam lá à toa. Pelo contrário, eles são peças fundamentais da trama e ajudam a amarrá-la, preenchendo os espaços que faltavam. Somos introduzidos a eles aos poucos, conforme Jonas vai viajando no tempo e tentando compreender o que está por trás de tudo. 

Primeiro, surge um personagem misterioso e sem nome, que está sempre ao lado de sua versão criança e sua versão mais velha. Nos é revelado mais tarde que ele é filho de Jonas e de Martha, fruto da relação entre os dois durante um encontro específico, no qual Jonas está no outro mundo - a outra realidade, conhecida como o mundo de Martha (Eva). Esse personagem tem o papel de certificar que tudo acontecerá como deve e que um novo cilco se iniciará. 

Também temos Helene Albers, que é a mãe de Katharina Nielsen e recepcionista na clínica na qual Ulrich Nielsen fica preso quando viaja no tempo. Em uma reviravolta explosiva, descobrimos que Helene Albers mata a versão mais velha de Katharina, sua filha, durante uma perseguição. 

Killian Obendorf é outro novo personagem. Ele é irmão do primeiro garoto desaparecido em Winden, Erik Obendorf, e também é o namorado de Martha no novo mundo. Já o personagem Hanno é, pasmem, o verdadeiro nome de Noah! Ou seja, ele é filho de Batosz com Silja.   

Dark 3ª temporada: como tudo se amarra?

Disposto a quebrar padrões narrativos e clichês da ficção científica, o final de Dark 3 aposta em novas nuances em vez de se pautar demais em explicar e concluir pontas anteriormente soltas. Decisão que se mostrou bem acertada, já que as cena nos episódios finais acabam se ligando com grande êxito.

Direto ao ponto: durante a série, somos levados a acreditar que existe a luz e as trevas, vilões e heróis, que seriam representados por Adam e o Sic Mundus e Eva (a Martha da outra realidade). Por anos, os dois tem travado uma batalha pelo controle do tempo. De um lado, Martha quer que os ciclos continuem se repetindo, para que todos possam nascer novamente. Do outro, Adam quer encontrar o ponto de origem desses ciclos para que possa rompê-los de uma vez por todas. 

O final da 3ª temporada de Dark, todavia, nos mostra que não há um lado certo e um lado errado e que o ponto de origem não era o que eles pensavam. Quem descobre as respostas para a trama é Claudia Tiedemann que, ao não escolher lutar por um dos lados, consegue ir atrás das verdadeiras respostas. Ela descobre que o ponto de origem de tudo é um terceiro mundo!

Neste terceiro mundo, o mundo original, o cientista H.G. Tannhaus cria uma máquina para voltar no tempo. Porém, em vez de conseguir o seu ojetivo, ele acaba dividindo seu mundo em duas realidades: uma com Jonas (e Adam) e outra com Martha (e Eva). Ou seja, para que tudo acabe de vez, Jonas e Martha precisam ir a esse mundo original e impedir que o filho de Tannhaus morra, já que esse é o fato que faz com que o cientista queira voltar no tempo. E é exatamente isso o que acontece. Jonas e Martha tem sucesso e, logo, reestabelecem a ordem temporal. Porém, ambos deixam de existir.    

Com isso, Dark se revela uma experiência individual do espectador, que depois de alguns momentos de aparente confusão e desconforto, é brindado com um excelente final para toda essa trama. A coerência se faz presente no episódio final e Dark 3 se mostra eficiente ao hype gerado em cima da série da Netflix, que já está deixando saudade!

Curtiu a temporada final de Dark? Entendeu tudo? Não deixe de nos dizer o que achou nos comentários!

Texto escrito por Matheus Rocha da Silva via Nexperts.