Netflix anunciou o lançamento de Dirty Lines, uma produção holandesa que irá abordar o surgimento das linhas telefônicas de telessexo no fim da década de 1980 no país europeu. A série será inspirada no livro 06-Cowboys, do escritor Fred Saueressig.

  David Lee/Shutterstock/Reprodução

A série irá contar a história do empresário Frank Stigter, que muitas vezes fracassou na tentativa de abrir sua própria empresa, mas vê uma grande oportunidade de negócio quando a instituição nacional de telefone lança um serviço com números cobrados com uma tarifa "premium". Com seu irmão e sua irmã, ele lança a primeira companhia de telessexo do mundo. O que começa como um pequeno negócio na garagem dos pais acaba se tornando uma grande firma multimilionária.

A Netflix explicou o contexto da produção em um comunicado à imprensa: "No final da Guerra Fria, a série inspira uma geração jovem a se livrar do pensamento apocalíptico dos anos 80 e se concentrar em como celebrar a vida ao máximo. Amsterdã se torna o centro dessa revolução cultural com uma nova forma radical de música, o House, e uma nova droga do amor, XTC (Ecstasy)".

Tesha Crawford, a diretora de conteúdos originais da plataforma de streaming no norte da Europa, comentou que "Dirty Lines é um retrato cru da Amsterdã liberal do final dos anos 80, que combina elementos de uma cidade que já vimos antes, mas contada de um ângulo que é novo para muitos".

Dirty Lines ainda não tem previsão de estreia.

Texto escrito por Marcelo de Morais via Nexperts.