Durante este período de isolamento social devido à pandemia da covid-19, é possível observar o aumento no consumo de compras online. Apesar de os diversos benefícios presentes e de toda facilidade que essa prática oferece, será que é possível garantir que os seus dados estão em segurança? Para expor os reais riscos que a maioria dos consumidores desconhecem ao comprar online, o site TecMundo, que pertence ao grupo NZN, produziu o documentário intitulado Realidade Violada — Débito ou Crédito. 

Com uma equipe de 10 colaboradores, entre produtores, repórteres, editores e cinegrafistas, a produtora NZN executou essa produção em 2019. Foram realizadas gravações externas durante 2 meses nas cidades de São Paulo, Guarulhos, Suzano, Santos e São Vicente. Também foram feitos contatos exclusivos com a Polícia Civil de São Paulo, especificamente o Departamento de Inteligência e o Departamento Estadual de Investigações Criminais (investigadores e delegados), cibercriminosos, hackers e vítimas de golpes cibernéticos.

TecMundo lança documentário sobre fraudes nos cartões de crédito

Felipe Payão, um dos diretores de Realidade Violada, afirma que uma das maiores dificuldades foi conseguir que um hacker criminoso topasse gravar uma entrevista. “Cubro a editoria de cibersegurança faz 6 anos, contudo, minhas fontes se baseiam em contatos anônimos. Convencer uma fonte a gravar uma entrevista em vídeo, mesmo que mascarada, foi uma negociação — sem valor monetário envolvido — de longas semanas”.

Segundo dados do NZN Intelligence, 71% dos brasileiros afirmaram aumentar o volume de compras online durante a pandemia da covid-19. O consumo online tem passado por uma crescente nesse contexto, e o objetivo do documentário é exibir os casos de cibercrime, bem como todas as suas implicações. Além disso, servir como ponto de informação para vítimas em potencial, guiando pessoas com pouco conhecimento em cibersegurança para elas aprenderem os pontos necessários visando a uma boa saúde digital durante esse período de isolamento social. 

Conforme Renan Pagliarusi, um dos diretores do documentário, Realidade Violada tem a proposta de nos questionar e fazer um alerta: “Até que ponto estamos seguros e temos a certeza de que nossos dados estão sendo protegidos? O criminoso sempre escolherá a forma mais prática de enriquecimento ilícito, então o que é mais fácil? Puxar o ‘berro’ na rua trocando tiro com a polícia ou praticar golpes milionários enquanto está no conforto da própria casa? A Polícia faz sua parte, mas é preciso mais investimento do governo e rever a nossa Constituição nesse ponto, as modalidades de crime estão evoluindo e a sociedade necessita evoluir junto.”

Realidade Violada foi lançado no dia 23 de maio de 2020 na página (Facebook) e no canal (Youtube) do TecMundo. Assista ao trailer:

 

O TecMundo

Considerada a maior vertical de tecnologia do Brasil e um dos veículos mais relevantes do mundo na categoria. O TecMundo pertence ao grupo NZN e produz notícias, artigos, reviews e conteúdos especiais relacionados a tecnologia, cultura geek, dispositivos móveis, softwares, redes sociais, internet, segurança e ciência.

A NZN

A NZN é um dos principais players para soluções de publicidade e comunicação online, apresentando 3 pilares independentes: NZN Media, NZN Content e NZN Services. A empresa é a maior criadora de verticais do Brasil e oferece serviços exclusivos para planejamento e execução de campanhas digitais. Proprietária das verticais TecMundo, VOXEL, The BRIEF, Mega Curioso, Minha Série, Marie Curie, Fika Dika, The Hardware Show, Baixaki, Click Jogos e Save Coins, a NZN tem 25 milhões de visitantes únicos mensais, alcançando 1 em cada 5 usuários da internet brasileira.

Texto via TecMundo.