As redes sociais podem se tornar ferramentas perigosas para qualquer pessoa, principalmente para figuras públicas. Pensamentos retrógrados e preconceituosos podem ser recuperados pelos fãs, por exemplo, exigindo um posicionamento da celebridade em questão. Foi exatamente o que aconteceu com Hartley Sawyer, que foi demitido do elenco de The Flash, da The CW, desde a 4° temporada da série. 

Diversas publicações de Sawyer, que interpretava o Homem-Elástico na série, no Twitter foram expostas, demonstrando o caráter racista, homofóbico e machista que o ator possuía na época e que, segundo o próprio, ficou no passado. 

Algumas personalidades se posicionaram sobre o ocorrido, inclusive Grant Gustin, o protagonista da série The Flash e companheiro de equipe de Sawyer.

Mais detalhes da saída do ator de The Flash do elenco

Eric Wallace, o showrunner da série, publicou uma nota em seu perfil no Instagram informando aos seus seguidores que, como muitos sites já haviam divulgado, Hartley Sawyer não irá retornar para a 7ª temporada de The Flash.

Grant Gustin, usando o posicionamento de Wallace para basear sua fala, disse que que havia ficado chocado, triste e bravo ao ver os tweets publicados por Sawyer. Ele estava presente na série desde a 4° temporada, deixando o elenco após o fim da 6° temporada de The Flash, recém-finalizada.

Em seu próprio perfil do Instagram, Sawyer disse que os tweets não refletiam mais o seu posicionamento, pois ele encontrou pessoas em sua jornada que o ajudaram a se tornar um adulto mais responsável. “Eu ainda tenho muito trabalho a fazer”, finalizou o ator.

As 5 primeiras temporadas de The Flash na Netflix estão disponíveis para serem maratonadas.

Texto escrito por Flávio Motta Coutinho via Nexperts.