O quarto filme da franquia John Wick, estrelado por Keanu Reeves, vai contar com cenas filmadas do filme anterior, mas que foram descartadas durante a pós-produção. De acordo com as informações apuradas pelo The Hollywood Reporter, o diretor Chad Stahelski afirmou que duas sequências importantes de ação que ficaram de fora de John Wick 3 serão reaproveitadas em John Wick 4.

O cineasta também aproveitou para comentar que as sequências haviam sido deletadas para eliminar o que ele chamou de “temáticas sobrepostas” na história, já que queria que o filme tivesse apenas o essencial, em sua visão narrativa.

"Havia duas sequências de ação que realmente tínhamos idealizado, mas simplesmente não tínhamos espaço para elas", disse ele fazendo referência ao filme John Wick 3: Parabellum. “Eu gosto de pensar que 90% do que foi tirado no filme anterior poderá ser utilizado no próximo”, completou ele. 

(Lionsgate/Reprodução) Lionsgate

O novo longa-metragem da franquia teve sua estreia adiada para 27 de maio de 2022 em decorrência da pandemia do coronavírus e das medidas de prevenção à propagação da Covid-19. Keanu Reeves, mais uma vez, dará vida ao personagem que é um assassino de aluguel perigoso.

Além da série The Continental, derivada do sucesso no cinema e que será lançada em 2021, há também um filme spin-off de John Wick em processo de desenvolvimento. O roteirista Shay Hatten, que co-escreveu Parabellum, é quem desenvolve a história de Ballerina. O spin-off será focado em uma jovem assassina que busca vingança contra aqueles que mataram sua família.

Len Wiseman é o responsável pela direção do projeto que poderá contar com a participação de Reeves e também de Anjelica Huston. De acordo com Stahelski, ele mesmo cuidará pessoalmente de supervisionar o estilo das cenas de ação.

Texto escrito por Matheus Rocha da Silva via Nexperts.