Ryan Murphy, criador de sucessos como Glee The Politician, é um dos responsáveis pela série Halston, da Netflix, que teve suas produções suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus. Ele contou ao site Collider um pouco sobre a série que está ganhando um hype interessante e conta com fãs ansiosos pelo mundo.

Papel perfeito para Ewan McGregor

A série conta com a atuação de Ewan McGregor (Moulin Rouge e Fargo) como o protagonista Roy Halston Frowick, que é, simplesmente, a pessoa que ajudou a ditar e definir o visual exuberante da moda dos anos 1970 e 1980.

(Fonte: Imdb/Reprodução) IMDb/Reprodução

Segundo Ryan Murphy, o ator e o papel para o qual ele foi indicado têm uma sinergia sensacional. Ryan disse que “é um dos melhores papéis da carreira de Ewan McGregor e ele está simplesmente extraordinário”.  

Ele ainda rasgou elogios ao comprometimento de McGregor e contou que está surpreendido com a disciplina e a dedicação na pesquisa feita pelo ator.

Além dele, Rebecca Davan, Krysta Rodriguez e Rory Culkin estão na série como, respectivamente, Elsa Peretti, Liza Minnelli e Joel Shumacher.

O caminho para lançar Halston

O seriado estava na mente e sendo desenvolvido por Dan Minahan e Christine Vachon há cerca de 20 anos. Ryan Murphy acredita que a dificuldade para ter conseguido fazer a série acontecer antes é o fato de ela ter um homem gay como personagem principal.

Então, após alguns anos, Dan e Christine foram pedir ajuda a Ryan, que levou a série para a Netflix e, pasmem, a plataforma de streaming adorou e decidiu produzir o seriado.

(Fonte: Huffpost/Reprodução Huffpost/Reprodução

Serão apenas cinco episódios, configurando um formato minissérie, e o enredo mostra tudo sobre as dificuldades e as coisas que Roy Halston teve que sacrificar para conseguir o sucesso.

Texto escrito por Gabriel Lopes Witiuk via Nexperts.