A série da HBOWestworld, conquistou o público e a crítica devido à qualidade de produção, roteiro, performances, direção e trilha sonora. Nessa última esfera, as composições de Ramin Djawadi, presentes na atração, têm a função de reforçar o argumento de que sua ambientação é artificial e de que as coisas não são o que parecem.

Em entrevista ao Vulture, Djawadi revelou a premissa de suas canções. “O programa tem uma sensação anacrônica. É um parque temático de Western e ainda tem robôs. Por que não ter músicas modernas? E isso é uma metáfora em si, envolvida no tema geral do programa”.

Permeado pelo uso instrumental de piano e baixo, o programa já apresentou diversas releituras de canções de bandas e artistas populares. Dentre eles, The Rolling StonesRadioheadAmy WinehouseGuns N’ Roses e muitos outros. 

Nesse contexto, confira nossa lista com as 5 melhores músicas de Westworld que se conectam com a premissa da história do drama sci-fi.

Paint It Black — The Rolling Stones

 

Durante as duas primeiras temporadas, havia um piano no salão que frequentemente apresentava releituras de músicas conhecidas. Um desses casos foi “Paint It Black”, canção do The Rolling Stones, em uma versão orquestral.

“Ela acontece durante uma cena de ação realmente grande e tem momentos de altos e baixos, com tiroteios e conversas, por isso, diminuo e depois recuo um pouco, o que foi muito divertido de organizar”, comentou o compositor ao Vulture.

Ride of the Valkyries — Richard Wagner

 

No episódio 5 da 3ª temporada, intitulado “Genre”, há uma grande cena de perseguição de carros. Além de a sequência apresentar uma bela fotografia, a faixa “Ride of the Valkyries”, de Richard Wagner, amplifica seu peso dramático.

O showrunner Jonathan Nolan afirmou ao site Insider que buscou fazer uma homenagem à cena icônica do filme Apocalypse Now e utilizou-se dela na versão original.

Space Oddity — David Bowie

 

Ainda no episódio “Genre”, há um cover de “Space Oddity”, famosa canção de David Bowie. Após Dolores (Evan Rachel Wood) libertar a população do loop em suas vidas, controlado pelo Rehoboam, e com isso criar um caos no mundo real, uma versão instrumental da música começa a tocar.

Ao sair da estação de trem, ela e Caleb (Aaron Paul) observam o caos da nova situação de choque das pessoas após descobrirem seus destinos planejados pela inteligência artificial. A cena tem total inspiração em uma das interpretações da letra da música de Bowie, quando “Major Tom” decide deixar a cápsula espacial para flutuar sem um rumo conhecido.

Heart-Shaped Box — Nirvana

 

A jornada de Akecheta (Zahn McClarnon) para encontrar seu amor, na 2ª temporada, contou com a música do Nirvana “Heart-Shaped Box”. Após permitir sua morte, ele localiza o corpo de Kohana (Julia Jones) no armazenamento de anfitriões desativados, ao lado de muitos outros. Além de desenvolver o arco da tribo Nação Fantasma, tal fato ainda ocasionou a revolução do parque.

Através da versão instrumental da série, que começava mais silenciosa e ficava mais alta à medida em que ele se dirigia para a trágica descoberta, a cena foi altamente emocional e inesquecível. Ela é ainda mais significativa ao contar com a frase “leve meu coração quando você for”, repetida várias vezes ao longo do oitavo episódio, chamado de “Kiksuya”.

Runaway — Kanye West

 

No episódio “Reunion”, da 2ª temporada, um cover de “Runaway”, de Kanye West, estava presente em um flashback no qual Dolores se lembra de ter visitado o mundo real antes de ser despertada como anfitriã. Em tom otimista, ela sugeriu a promessa de esperança com diversos significados.

Há muitas camadas de interpretação do uso da canção. A mais direta é a referência ao objetivo dos anfitriões de escapar de Westworld. Outro ponto sugere que os visitantes vão até o parque para fugir de suas vidas no mundo real, pelo menos temporariamente.

Qual música foi a mais marcante para você?

Texto escrito por Ricardo de Carvalho Isídio via Nexperts.