Quem acompanha Grey's Anatomy percebeu que Jo Wilson (interpretada por Camilla Luddington) se recuperou muito fácil da traição de Alex (Justin Chambers). A reviravolta, que aconteceu após a 15ª temporada, quando a personagem descobriu ser fruto de uma violência sexual, teve um desfecho mais calmo com relação a este novo trauma. 

Segundo a showrunner Krista Vernoff, não teria como expor a personagem e até mesmo a atriz a mais cenas complicadas e angustiantes.

"Eu não queria colocar ninguém nisso", disse Vernoff em entrevista ao TV Line. “[A atriz Camilla Luddington] passou por tantos meses de histórias muito sombrias e eu não queria que nenhum de nós assistisse a personagem entrar em uma nova complicação”, completou.

(ABC/Reprodução) ABC/Reprodução

Essa notável resiliência vista em Jo foi bastante honesta para com sua história, segundo Vernoff. A showrunner ainda explica que a dor de não saber sobre as situações da vida podem ser ainda mais dolorosas, sendo assim, quando a personagem descobre que Alex voltou para a ex-esposa, Izzy, por meio de uma carta, tudo acontece de uma forma muito tranquila.

Afinal de contas, Jo ficou por muitos episódios sem saber onde seu marido se encontrava e mesmo que a resposta para isso fosse terrivelmente dolorosa, houve um alívio por parte dela em saber o que estava acontecendo. “Ter finalmente uma resposta permitiu que ela se sentisse estranhamente melhor do que quando estava no escuro”, afirma Vernoff.

Quem gosta da personagem já podia notar que ela vinha sofrendo muito com a situação. E, de fato, ser enganado e ainda passar por situações angustiantes relacionadas a isso não deve ser fácil e nem um pouco agradável. 

Resta então saber o que vai acontecer na próxima temporada da série. O que você acha?

Texto escrito por Matheus Rocha da Silva via Nexperts.