A Amazon está para lançar mais uma série documental em sua plataforma de streaming, a Amazon Prime. A história que será contada dessa vez é a da equipe de futebol Paris Saint-Germain (PSG), que é o mais rico e famoso time da França e conta com jogadores como Neymar e Mbappé.

(Fonte: Amazon Prime Video/Divulgação)
(Fonte: Amazon Prime Video/Divulgação)

O documentário

A produção faz parte de uma coleção de produções que a Amazon Prime Video tem feito sobre clubes esportivos e esportistas. O seriado do PSG será divido em quatro episódios e contará com entrevistas com jogadores, torcedores, treinadores e executivos dos tempos atuais e das antigas do clube.

Além disso, têm filmagens do dia a dia dos atletas dentro do centro de treinamentos, de viagens e de preparações para partidas. Tudo para passar um pouco da atmosfera do clube. A promessa é de cenas exclusivas do Paris Saint-Germain, revelando um nível de acesso aos bastidores que nunca foi visto antes.

A produção é feita pela Amazon, juntamente com a PSG TV, que é o ramo de produções de vídeo do clube francês, e a CAPA. A direção é de Manuel Herrero.

O Paris Saint-Germain

Criado em 1970, o clube é um dos mais jovens da capital francesa e dos que estão na elite do futebol europeu. Atualmente, tem como proprietário a empresa de investimentos em futebol Oryx Qatar Sports Investments, que enriqueceu o clube.

É um dos principais times de futebol do mundo, contando com 40 milhões de seguidores no Facebook e 28  milhões no Instagram. O clube tem escritórios internacionais na Ásia e na América do Norte. A série de documentários contará como o clube se desenvolveu ao longo do tempo.

O Paris Saint-Germain já teve jogadores lendários para os brasileiros como Ronaldinho, Raí, Beckham e Ibrahimovic. Atualmente, conta com vários craques, como Neymar Jr, Mbappé, Cavani, e Thiago Silva.

(Fonte: Trivela/Reprodução)
(Fonte: Trivela/Reprodução)

O documentário, que ainda não tem nome, deve ser lançado este ano em todo o mundo, menos na China e no Oriente Médio.

Texto escrito por Gabriel Lopes Witiuk via Nexperts.