Segundo a Variety, o YouTube Premium cancelou a série Impulse somente após duas temporadas, com o total de 20 episódios. Lauren LeFranc, showrunner do título, comentou o assunto em seu Twitter. “Tentamos encontrar um novo lar, mas, infelizmente, não era para ser”, afirmou.

Em sua declaração, ela ainda falou sobre as dificuldades de a produção ser exibida em um serviço de streaming desconhecido, em especial diante do cenário já consolidado de outras plataformas, como a Netflix e a Amazon. Confira abaixo o comunicado completo:

Impulse foi baseada no livro Jumper, ficção científica de Steven Gould, adaptado pela Universal Cable Productions, com produção executiva de Doug Liman ao lado de David Bartis e Gene Klein. Já os roteiros foram escritos por Jeffrey Lieber, Jason Horwitch e Gary Spinelli.

Seu enredo era centrado na personagem Henry (Maddie Hasson), uma garota rebelde de 16 anos de idade que se sentia diferente de seus colegas e desejava escapar de sua cidade. Logo, ela descobria que tinha a extraordinária capacidade de se teletransportar.

Impulse: YouTube cancela série após duas temporadas
(Fonte: IMDb/Reprodução)

Streaming não alcançou sucesso

Aparentemente, o serviço de assinatura do YouTube não alcançou a fama esperada, o que gerou mudanças quanto às suas estratégias de conteúdo. Nesse sentido, o cancelamento recente deixou a plataforma com apenas duas séries restantesCobra Kai e Liza on Demand.

Em abril de 2019, outras quatro produções originais tiveram o mesmo destino, sendo elas: Champaign ILLRyan Hansen Solves Crimes on TelevisionSideswiped e Do You Want to See a Dead Body. Isso na época já sinalizava que o YouTube não tinha mais a intenção de competir com grandes plataformas.

Texto escrito por Ricardo de Carvalho Isídio via Nexperts.