O relacionamento entre um autista e um neurotípico pode dar certo? Essa questão foi explorada no episódio 3x17 de The Good Doctor. O conflito no relacionamento de Shaun e Lea o levou a tomar uma decisão drástica. O desfecho da situação você confere a seguir no nosso recap!

As dificuldades

Lea revela a Shaun que se sente insegura em manter um relacionamento com ele. Segundo ela, o comportamento de Shaun surge como um empecilho para a harmonia e felicidade entre ambos. Após tentar provar que pode mudar, Shaun falha e Lea insiste que eles não podem dar certo. Quando Lea diz que o autismo de Shaun é algo imutável, ele vira as costas para ela e vai embora.

(Fonte: ABC/Reprodução)
(Fonte: ABC/Reprodução)

No hospital, Claire recebe uma visita de seu amigo Dash. Após ser convidada para um encontro pelo homem, ela aceita e decide fazer o que a deixa feliz.

Park tenta se reconciliar com Mia e Kallan, seu filho. Após pegar o garoto fumando no hospital, ele o repreende e isso gera uma tensão entre ambos. Com o trabalho atrapalhando o relacionamento entre os três, inevitavelmente Park e Mia acabam não alcançando um reconciliamento.

Em relação aos pacientes do hospital, Shaun realiza uma cirurgia experimental em Alice, diagnosticada erroneamente com uma doença nas glândulas adrenais. Um ex-viciado em drogas precisa de um transplante renal e encontra um doador compatível, mas a equipe mente dizendo que eles são incompatíveis para proteger a integridade do último — um garoto de 16 anos.

O que você acha que vem por aí? Será que o casal Shaun e Lea finalmente engrena?

Texto escrito por Flávio Motta Coutinho via Nexperts.