A saída conturbada de Orlando Jones de American Gods e os problemas de bastidores voltam à tona. Recentemente, o ator norte-americano expôs uma conversa pessoal com ex-colega de produção Ricky Whittle a respeito da sua demissão da atração.

Resumidamente, a imagem publicada nas redes sociais mostra o protagonista da série preocupado com as declarações feitas pelo ex-intérprete de Mr. Nancy. Em dezembro de 2019, Jones disse que foi dispensado porque o showrunner Charles Eglee acreditava que seu personagem passava “uma mensagem errada para os negros da América”.

American Gods: Orlando Jones expõe os problemas de bastidores
Imagem divulgada por Orlando Jones nas redes sociais. (Fonte: Twitter.com/Reprodução)

Na conversa, Whittle revela ter tentado conversar com Jones, mas não conseguiu. Então, ele diz que o ex-companheiro ter argumentado que sua saída foi motivada por racismo era “algo inteligente”. Contudo, eles sabiam que isso colocaria a produção em um fogo cruzado, além de ser uma péssima ideia “instigar os trolls da internet” com a polêmica.

Por outro lado, Jones afirma que Whittle tinha os contatos dele e não o procurou até a publicação do vídeo em dezembro. Além disso, acrescentou que o ex-colega, como “estrela de American Gods”, sabia de todos os problemas relacionados ao racismo na produção.

American Gods: Orlando Jones expõe os problemas de bastidores
Em American Gods, Rick Whittle e Orlando Jones interpretaram Shadowmoon e Mr. Nancy, respectivamente. (Fonte: IMDb/Divulgação)

Um longo drama de bastidores

O conteúdo divulgado por Orlando Jones apenas reflete como American Gods tem sérios problemas de bastidores. Por exemplo, os showrunners originais Bryan Fuller e Michael Green deixaram a atração alegando “diferenças criativas” em novembro de 2017.

Então, Jesse Alexander foi convidado para continuar o trabalho, mas foi dispensado do cargo no meio das gravações da segunda temporada. Isso aconteceu em virtude de uma série de problemas, como atrasos na entrega dos roteiros.

Por conta disso, Orlando Jones assumiu o cargo de roteirista da série a pedido de Neil Gaiman, autor do livro que originou a atração — algo que justifica completamente a reação do ator ao saber que foi dispensado da produção.

Você acha que os problemas podem prejudicar o andamento da série?

Texto escrito por Luiz Paulo Charleaux via Nexperts.