O catálogo de séries originais da Netflix ganhou uma adição valiosa. Queen Sono estreou em 28 de fevereiro e é a primeira produção africana a estar no rol de originais do serviço de streaming.

Criado por Kagiso Lediga, o drama de espionagem traz Pearl Thusi (Quantico) no papel de Queen Sono, uma espiã durona que se utiliza de métodos pouco convencionais para fazer o seu trabalho. A protagonista, no entanto, esconde um passado trágico: sua mãe, a revolucionária Safiya Sono, foi assassinada. 

Queen Sono: 4 motivos para assistir à nova série da Netflix
Fonte: Ready Steady Cut

A trama se complica quando os fantasmas do passado de Queen começam a assombrá-la, fazendo com que ela entre em uma jornada para encontrar a verdade. Já que o lançamento é super recente, o site EW reuniu 4 razões para acompanhar Queen Sono:

1. A protagonista espiã badass

Queen Sono é uma espiã ousada, complicada, divertida e complexa, o que a torna irresistível de acompanhar. 

A protagonista vive a sua vida guiada pelo legado da mãe e devotada a proteger o seu país. No entanto, ela vai contornar as regras para garantir que tenha uma vida digna de ser vivida se - ou quando - ela decidir sair da espionagem. 

2. Cenas de ação eletrizantes

Com uma rede complexa de conspirações, a série é recheada de cenas de ação. E o melhor: Queen Sono quebra tudo com cenários lindos do continente africano ao fundo. Vale acrescentar que Pearl Thusi fez a maior parte das cenas de luta sem dublê. 

As sequências de ação são aceleradas, brutais e emocionantes de assistir, tornando este um elemento importante do thriller de espionagem. 

3. A África sendo contada pelos próprios africanos

Em vez de narrativas de sofrimento contadas por pessoas estrangeiras, Queen Sono é uma história empoderadora narrada pelo ponto de vista da África do Sul, já que o elenco e a equipe são majoritariamente africanos. 

A série se diferencia por mostrar a história da África do Sul e as suas relações com os outros países, além das músicas, vestuário e idiomas do local. 

4. O ícone sul-africano Abigail Kubeka

Quem rouba mesmo a cena é a atriz sul-africana Abigail Kubeka, que interpreta Mazet, a avó da protagonista. Sem saber que a neta é uma espiã, Mazet é responsável pelos seus laços familiares e pelas cenas mais engraçadas. 

Seu amor por Queen e a sua determinação em honrar o legado da filha assassinada a tornam uma personagem totalmente memorável.

Vamos maratonar juntos?

Texto escrito por Mikaela Brasil Oliveira via Nexperts.