O criador de Mr. Robot, Sam Esmail, recebeu a incumbência de apresentar a nova sequência de Battlestar Galactica, ainda sem data de estreia, pelo serviço de streaming Peacock, da NBC.

Alguns fãs ficaram receosos de que Esmail fosse repaginar a série, porém, ele indicou justamente o contrário em conversa com Ronald Moore, reponsável pelo reboot de Battlestar na versão que foi ao ar de 2003 a 2009.

“Sam me ligou e foi muito gentil. Ele não me contou a história, então eu não sei. Mas ele disse seus planos e que não iria reiniciar o programa e reformulá-lo, mas, sim, fazer algo novo do mesmo universo”, disse Moore à Variety.

(Fonte: Slash Film/Reprodução)
(Fonte: Slash Film/Reprodução)

Isso pode indicar, inclusive, que velhos personagens podem aparecer. Com uma sequência, alguns Cyclons sobreviventes poderiam aparecer, por exemplo. Battlestar Galactica se mostrou existir em um universo cíclico, onde eventos do programa aconteciam novamente a cada poucos milhares de anos. Resta saber se vai seguir assim em sua versão repaginada. 

Battlestar Galactica teve sua primeira versão em 1978 e 1979. Em 1980 retornou por dez episódios. Depois disso surgiram dois longas e diversas tentativas de reinício. O reboot mais famoso foi justamente o liderado por Moore, que durou de 2003 a 2009. Agora, chegou a vez se Esmail dar sequência, com o desafio de trazer novidades, sem esquecer toda a história clássica que Battlestar Galactica oferece.

Texto escrito por Flávio Motta Coutinho via Nexperts.