Cats é um dos assuntos mais comentados do cinema atualmente, ainda que não pelas melhores razões. As redes sociais estão pipocando com comentários e opiniões, principalmente em resposta às críticas profissionais — que parecem ter ficado horrorizadas.

Adaptação do musical da Broadway de mesmo nome, Cats, o filme, já estava causando polêmica desde as primeiras reações ao trailer. O enredo segue o mesmo caminho que o teatro: trata do grupo de gatos Jellicles e as tentativas de que um deles seja o escolhido para viver melhor em Heaviside Layer. Só que, ao invés de fantasias, o que chamou muito a atenção na versão cinematográfica foram os efeitos especiais.

Finalmemte, Cats foi lançado. E a recepção da mídia é, para não dizer controversa, ao menos hilária. Com 19% de avaliação no Rotten Tomatoes, alguns dos melhores reviews foram:

"Eu senti a luz dentro de mim desaparecer lentamente", disse Hannah Woodhead no site Little White Lies. "Se até os fãs fervorosos de gatos reais e do musical não conseguem gostar da versão do [Tom Hooper], é improvável que os novatos nesse mundo encontrem qualquer coisa para aproveitar". Ela também menciona que os efeitos parecem um filtro de Snapchat, com "gatos que têm orelhas e bigodes, mas rostos humanos, pés e mãos".

No New Yorker, o crítico Anthony Lane também fala do problema visual. "Muitas pessoas, eu suspeito, vão se inclinar em seus assentos e se perguntar 'que diabos de criaturas são essas? Se são gatos falantes, por que eles têm mãos normais? Se são homens e mulheres, como eles cabem em portinholas para gatos?'".

Divirta-se com os principais reviews do filme Cats
Fonte: Universal Pictures/Divulgação

Já Alex Cranz, do io9, apesar de concordar com o quanto o filme é absurdo, faz isso de uma perspectiva um pouco diferente. Tudo bem que o título de seu review é "Eu vi coisas que nenhum humano deveria ver", mas Alex também diz que todos precisam assistir Cats. "Você tem que testemunhar a arrogância de Hollywood (...) Você tem que sentar no cinema e ver essa coisa enfeitada com pelos para que daqui alguns anos você possa dizer heroicamente que estava lá".

O review de Nicholas Barber, da BBC, é um pouco mais receptivo. Ele afirma que a aparência dos gatos não é um problema tão grande e que melhorou bastante desde os trailers. A história, por outro lado, é definida como "completamente sem sentido".

Ninguém falou com muito afinco do elenco, o que faz sentido, já que houve uma reunião de grandes nomes e que realmente fizeram boas apresentações. Como Barber disse, "se o elenco estivesse na sua frente, ao vivo no palco, teria energia o suficiente para que [a noite] fosse qualificada como excelente. Mas cinema é diferente".

O produtor Eric Fellner já disse que não acredita em publicidade negativa. Talvez todo esse barulho ajude Cats a ter uma boa audiência, por bem ou por mal. E você, pretende assistir esse musical peludo?

Este texto foi escrito por Alex Fernando do Nascimento