Greta Thunberg, ativista sueca de 16 anos que luta contra as mudanças climáticas globais, ganhará um documentário pelo serviço de streaming da Disney, o Hulu. O filme contará sua trajetória de protestos pelo mundo. Greta Thunberg foi eleita pela revista Time, como a “Pessoa do ano” em 2019, definindo-a como “a maior voz do maior problema que o planeta está enfrentando”.

Documentário sobre Greta Thunberg chegará ao Hulu em 2020
(Fonte: Marco Passaro/Shutterstock/Reprodução)

O documentário ainda não tem um nome oficial — vem sendo chamado apenas de Greta, como título de produção. O sueco Nathan Grossman será o diretor do projeto. Grossman tem em seu currículo o documentário de outra personalidade sueca, Zlatan - för Sverige i tiden, que contou a trajetória do jogador de futebol Zlatan Ibrahimovic. Cecilia Nessen e Fredrik Heinig serão os produtores.

A ativista ficou mundialmente famosa após deixar sua escola para protestar do lado de fora do parlamento sueco, pedindo medidas mais rígidas para reverter as mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global. Em pouco tempo, seu protesto começou a ganhar proporções maiores, evoluindo para um grande movimento mundial.

Em agosto deste ano, ela navegou pelo oceano atlântico durante 15 dias em um iate com emissão zero de carbono, saindo da Inglaterra e indo até Nova York, para participar da Cúpula de Ação Climática da ONU, onde ela deu um discurso direcionado à líderes de vários países, acusando-os de não estarem fazendo o suficiente para reverter a crise climática.

A equipe responsável pelo documentário vem acompanhando Greta desde a sua greve escolar em Estocolmo - capital da Suécia - até os atuais protestos internacionais protagonizados pela jovem ativista.

O documentário ainda não tem uma data oficial para sua estreia, mas deve chegar em 2020 à plataforma Hulu.

Este texto foi escrito por Marcelo de Morais via nexperts.