Antes mesmo de sua estreia, a CBS renovou Star Trek: Picard para sua segunda temporada. A série traz o retorno de Patrick Stewart ao seu icônico personagem Jean-Luc Picard — que ele interpretou em Star Trek: The Next Generation e em alguns filmes da franquia Star Trek nos cinemas.

Star Trek: Picard estreará no Brasil no dia 24 de janeiro de 2020, apenas 1 dia após o lançamento nos EUA. A série será transmitida originalmente nos Estados Unidos pelo serviço de streaming CBS All Access, enquanto no Brasil, a distribuição fica por conta do Amazon Prime Vídeo.

Star Trek: Picard é renovada para a segunda temporada
(Fonte: CBS All Access/Divulgação)

Diferentemente do que acontece com muitas outras séries distribuídas em plataformas de streaming, e similar ao que a CBS faz com a sua outra série da franquia, Star Trek: Discovery – que no Brasil é exibida pela Netflix –, Star Trek: Picard receberá 1 episódio a cada semana na plataforma. Ao todo, serão 10 episódios na primeira temporada. De acordo com o site Deadline, a quantidade de episódios encomendados para o segundo ano da série deve ser o mesmo da primeira leva.

A segunda temporada recebeu um incentivo fiscal de cerca de US$ 20,4 milhões da Comissão de Filmes da Califórnia. É o maior valor já recebido por uma produção para a TV.

Além de Patrick Stewart, Star Trek: Picard conta com o retorno de Jonathan Frakes como Will Riker. O elenco ainda tem Isa Briones, Santiago Cabrera, Michelle Hurd, Alison Pill, Harry Treadaway e Evan Evagora. A série é produzida pela CBS Television Studios. Alex Kurtzman, Michael Chabon, Akiva Goldsman, James Duff, Patrick Stewart, Heather Kadin, Rod Roddenberry e Trevor Roth atuam como produtores-executivos; Aaron Baiers, como coexecutivo; e Kirsten Beyer, como supervisora.

Este texto foi escrito por Marcelo de Morais via nexperts.