Novamente, a família real britânica vai ser tema de uma série de TV. A emissora Starz autorizou a produção de Becoming Elizabeth, drama que vai explorar a juventude de Elizabeth Tudor, a rainha mais icônica da Inglaterra.

A trama pretende apresentar a história de vida da realeza britânica antes de assumir o trono. Assim, ela vai revelar como a adolescente órfã de mãe se envolveu na política da corte inglesa e, mais tarde, conseguiu ser reconhecida como a herdeira do rei Henrique VIII.

Com isso, Becoming Elizabeth promete mostrar a jornada real e fascinante da monarca para assumir a coroa. Um caminho cheio de traições, fanáticos religiosos e uma luta contra os homens ao seu redor que desejavam reivindicar sua soberania.

Becoming Elizabeth: nova série mostrará juventude da icônica rainha inglesa
Fonte: YouTube/Reprodução

Becoming Elizabeth tem Anya Reiss (EastEnders) como produtora executiva e principal roteirista. A dramaturga inglesa está trabalhando em conjunto com uma equipe de roteiristas formada apenas por mulheres. Emily Ballou (Humans), Anna Jordan (Succession) e Suhayla El-Bushra (Hollyoaks) são algumas das integrantes.

“Pensei que seria difícil me conectar com uma realeza de 500 anos, mas Elizabeth I viveu em tempos perigosos e polarizados”, comenta a líder das roteiristas. “Era uma época em que decisões terríveis eram tomadas e elas eram movidas frequentemente por hormônios. Foi emocionante escrever sobre sua jornada”.

Por fim, Jeffrey A. Hirsch, CEO da emissora Starz, explica que a trama da atraçã vai ser visceral e perigosa. “A série explora o reinado dos Tudors e como a jovem monarca tornou-se a ‘Gloriana’. Através de uma nova visão, os espectadores vão conhecer uma das personalidades mais poderosas da história”.

Por Luiz Paulo Charleaux via nexperts.