A 3ª temporada de Station 19 promete ser a mais intensa da série até então. De acordo com Krista Vernoff, showrunner da série, podemos esperar mais realismo e um clima mais duro no novo ano do drama de bombeiros da ABC.

Em entrevista ao Deadline, a produtora executiva explicou como o programa será diferente no próximo ano. “É visualmente e emocionalmente mais confuso do que nunca. Eu continuava voltando a essa imagem de suor e fuligem e sentindo que precisava ser uma coisa fixa nesse programa, que precisava parecer mais sombrio em todos os aspectos.” 

Ela complementou dizendo que os relacionamentos também mudarão: “As pessoas estão um pouco menos educadas nesta temporada, um pouco menos gentis, um pouco mais competitivas e mais sujas, literalmente e metaforicamente.”

Station 19: showrunner promete uma 3ª temporada mais sombria
(Fonte: ABC/Reprodução)

Por ser uma série derivada de Grey’s Anatomy e, já que a estreia de sua nova temporada precede o retorno do drama hospitalar, podem ocorrer crossovers regularmente. "Desde que Station 19 estreou na sala dos roteiristas, sempre pensamos que a melhor progressão era dos bombeiros para o hospital", diz Vernoff. "Agora, com a série indo ao ar às 20h e Grey’s logo em seguida, às 21, existem oportunidades muito orgânicas como, por exemplo, o hospital recebendo pacientes que acabamos de ver sendo resgatados pelos bombeiros."

O primeiro crossover vai acontecer em um evento de duas horas que vai ao ar em 23 de janeiro de 2020. O primeiro episódio da 3ª temporada da série sobre os bombeiros de Seattle vai lidar com as consequências do acidente de carro que ocorreu no último episódio do ano do drama médico.

Veja também: Grey’s Anatomy e Station 19 retornam com crossover em janeiro (trailer)

No Brasil, as duas séries têm transmissão pelo canal pago Sony e pela Netflix.

Por Luís Costa via nexperts.