Vince Gilligan, o criador de Breaking Bad, de Better Call Saul e mais recentemente do filme derivado, El Camino: A Breaking Bad Movie, prestou homenagens ao ator Robert Forster, que faleceu em 11 de outubro devido a um câncer no cérebro. O ator interpretou Ed Galbraith em Breaking Bad e reprisou o personagem recentemente no filme baseado na série.

O criador das produções falou sobre a sua admiração pelo trabalho de Foster: "Não consigo pensar em muitos que estavam no seu nível como ator. E ele sempre fazia parecer tão fácil. Quando alguém faz com que algo pareça fácil e exala competência e confiança e o faz de maneira tranquila e humilde, você acredita nesse tipo de pessoa", declarou Gilligan.

El Camino: Vince Gilligan presta homenagem ao falecido Robert Forster​Robert Foster (Fonte: Showtime by Shutterstock/Reprodução)

"Lamento não ter conseguido trabalhar mais com ele. No fim das contas, eu pude ter apenas 2 dias dirigindo-o em toda a minha vida. Quero dizer, é incrível a grande pegada que ele deixou em Breaking Bad; na verdade, ele apareceu muito pouco, apenas em um episódio. Para mim, em minha mente, e não estou dizendo isso apenas porque ele faleceu, ele foi um dos personagens mais importantes em termos de tempo de tela versus impacto que deixou".

Robert Forster teve uma grande carreira no cinema e na TV, tendo participado de mais de 100 filmes, além das séries. Destaques para a comédia Eu, Eu Mesmo e Irene, com Jim Carrey, e as séries Twin Peaks e Last Man Standing. O ponto alto da carreira do ator foi a indicação ao Oscar pelo papel de Max Cherry no filme Jackie Brown.

Max Cherry, inclusive, é o personagem de Forster de que Vince mais gosta. "Max Cherry é um dos melhores personagens de todos os tempos, porque você quer conhecer esse cara, quer sair com ele e tomar uma cerveja", declarou.

Ed apareceu somente em um capítulo durante toda as temporadas de Breaking Bad, porém em El Camino se tornou um dos personagens centrais da trama. O filme que continua a história de Jesse Pinkman após o fim de Breaking Bad, está disponível na Netflix.

Este texto foi escrito por Marcelo Omega via nexperts.