Atenção! Este texto contém spoilers da 2ª temporada de Elite.

A 2ª temporada de Elite estreou no último dia 6 de setembro na Netflix, e continuou a trama cheia de mistérios que acompanha os alunos do colégio Las Encinas desde o assassinato de Marina (María Pedraza), na primeira temporada.

Iztan Escamilla, que interpreta Samuel na série, deu uma entrevista à EW falando sobre como foi interpretar novamente o personagem e o inesperado relacionamento dele com Carla (Ester Expósito), uma das envolvidas no assassinato de Marina. O ator diz ter se divertido mais no segundo ano e descreveu a relação do surpreendente novo casal como "muito poderoso".

“Eles são como dia e noite, mas quando começam o relacionamento essas diferenças começam a desaparecer e algo muito forte aparece entre os dois. Tudo começa como um jogo e se transforma em algo muito especial”, completou o ator espanhol.

Elite 2: intérprete de Samuel comenta relação surpreendente com (spoiler)​Samuel se envolveu em muitas polêmicas na 2ª temporada de Elite. Fonte: (Nino Muñoz/Netflix/Divulgação)

Iztan aproveitou para comentar também sobre outro relacionamento conturbado que marcou Samuel na 2ª temporada: a relação com seu irmão Nano (Jaime Lorente), que havia sido preso injustamente pelo assassinato de Marina.

Ele disse ter ficado surpreso ao ler no roteiro a cena onde Samuel bate em Nano após ele ameaçar Carla. Depois da briga com o irmão, Nano foge da cidade. Para Iztan, a maior perda que Samuel teve na 2ª temporada, foi justamente o afastamento de Nano.

Sobre a 3ª temporada de Elite, o ator apenas diz não saber o que pode contar ou não. "O que posso lhe dizer é que isso só fica mais distorcido.”

As duas primeiras temporadas de Elite estão disponíveis na Netflix.

Este texto foi escrito por Marcelo Omega via nexperts.