Este texto contém spoilers do final da 2ª temporada de Krypton, o último episódio da série.

Depois de explodir uma lua inteira, matando milhares, e com as forças de Zod prontas para atacar a base de New Lurvan, Jayna e Dev lamentam todos os que perderam e agradecem por quem eles conheceram no caminho. Eles discutem com Lyta o fato de estarem em menor número para o combate e concordam que tentar algum tipo de defesa seria uma missão suicida.

Leia também: Krypton é cancelada após 2 temporadas pelo Syfy

Nyssa usa o dispositivo zeta de Adam para viajar ao planeta Rann, encontrar o inventor Sardath e rastrear Brainiac. Sem saber exatamente como funciona, ela surge em uma praia, próximo a uma colina.

Zod executa um Sagitari Thur, apesar de ele lhe oferecer sua vida momentos antes em troca de informações. Depois, em uma espécie de conselho de guerra, com a chegada de Seg, seu avô e os outros, Lyta sugere que eles consigam mais combatentes Sagitari, que serão leais a ela, diminuindo as fileiras de Zod.

Krypton termina deixando pontas soltas; saiba como foi o fim da série RECAP(Fonte: Syfy/Divulgação)

Seg fala diretamente com as pessoas de Krypton, mas é Lyta quem chega e os conquista, afirmando ser a Primus Lyta-Zod. Zod interrompe seu discurso e diz que fez o que julgou necessário para a sobrevivência de Krypton; Seg corta dizendo que o que o tirano está oferecendo não é "viver, e sim sobreviver", e isso não é bom o bastante.

Os soldados kryptonianos começam a desertar e não atendem às ordens de Zod. Lyta diz que tudo está acabado e é hora de se renderem; ele se nega, então Seg o desafia para uma luta. Zod pergunta a Seg quem ele pensa que é, pois não se trata de nenhum Superman.

Na verdade, Zod está certo, Seg é ainda mais mortal que seu neto, Kal, mas a coragem que ele carrega é evidente, assim como a do garoto que caiu na Terra. Toda essa cena parece mostrar que, sim, Seg é o herói principal, porém não é um soldado, como Lyta. Ela é Primus e pode lutar contra Zod como uma verdadeira artista marcial Sagitari. Durante a luta, Lyta aproveita para dizer que não é mais mãe de Zod.

Krypton termina deixando pontas soltas; saiba como foi o fim da série RECAP(Fonte: Syfy/Divulgação)

No campo de batalha, assim que o plano dos rebeldes começa a tomar forma e Seg e Lyta vencem Zod, o comandante das forças anuncia que "New Lurvan não é mais o inimigo". Como punição, Zod é mantido preso em uma ilusão, na qual está prestes a atacar a Terra e seus pais estão a seu lado afirmando que ele "salvou Krypton". De volta à realidade, Lyta diz que eles manterão o filho preso naquela fantasia o máximo que puderem.

Mais tarde, todos estão celebrando a vitória e Val-El consegue "pernas" para Adam. Lobo aparece e tenta fazer um acordo com Seg: ele deseja encontrar Brainiac, mas Seg só o ajudará se ele puder encontrar seu filho raptado por Jor-El.

Enquanto isso, a mãe de Jor-El, Nyssa-Vex, está sozinha tentando encontrar Brainiac e o bebê. Ela se teleportou para um mundo similar à Terra e que parece estar sob ataque de Thanagarians. Lá, ela tropeça em uma pedra e encontra um símbolo vermelho que os fãs da DC certamente reconhecem, já que pertence aos membros dos Omega Men.

No fim, enquanto varrem o perímetro após a batalha, Jayna e Dev encontram um ser que está congelado sob o chão, Doomsday. Ainda não sabemos exatamente do que se trata, mas parece que a série deixou vários ganchos para uma terceira temporada (que não acontecerá). Sem falar que, finalmente, tivemos um vislumbre das ações de Brainiac com o pequeno Jor-El. Aparentemente, eles estão em uma nave indo em direção à Terra, onde a criança será "um deus entre homens".

Este texto foi escrito por Amarílis Virgínia Ferreira via nexperts.