Criminal Minds está chegando ao fim com a 15ª e última temporada, e agora um membro da equipe técnica está processando o ABC Studios e a CBS, entre outros acusados. O assistente de câmera Todd Durboraw diz ter sido alvo de assédio sexual e moral por parte do diretor de fotografia Greg St. Johns durante os vários anos em que trabalhou na série.

Durboraw alega que St. Johns tocou seu corpo de forma sexual, além de gritar com ele, rebaixá-lo, impedi-lo de ser promovido e ameaçar demiti-lo. Segundo o documento do processo, "St. Johns tocou a parte queixosa de maneira sexual aproximadamente duas a três vezes por semana, na média, no tempo em que a parte queixosa foi contratada até, aproximadamente, outubro de 2019 (sic)".

O assistente de câmera, que começou a trabalhar em Criminal Minds em 2011, ainda alega que outros funcionários da série "foram demitidos erroneamente como retaliação por reclamarem de assédio, assédio sexual e discriminação por St. Johns". Durboraw está movendo o processo por falha em investigação e prevenção, discriminação e inflição intencional e negligente de sofrimento emocional, além de assédio.

(Fonte: CBS Television Distribution)

ABC e CBS não responderam às solicitações de comentários feitas pelo Deadline, que reportou o caso. Segundo o portal, os advogados de Durboraw estão tentando levar o processo a júri e buscam indenização de valor não especificado.

A revista norte-americana Variety publicou uma reportagem, em 2 de outubro de 2018, sobre a conduta de St. Johns. Na ocasião, ele estava sendo investigado por comportamento abusivo com base em uma denúncia de assédio sexual e retaliação a um antigo membro da equipe. A revista também entrevistou 19 membros da equipe de Criminal Minds, que descreveram o cenário de assédios, ameaças a integridade física e demissão no set de filmagens.

Apesar da investigação, St. Johns trabalhou normalmente durante toda a 14ª temporada da série, que estreou no dia seguinte à publicação da Variety. Assim como agora, na época nenhum dos estúdios se disponibilizou para comentar a situação.