Atenção! O texto a seguir relata os acontecimentos do episódio 5x08 de Fear The Walking Dead.

Quando vimos Alicia em Fear The Walking Dead coberta de sangue radioativo, rapidamente assumimos que ela estaria perdida. Mas, no último episódio antes da pausa na temporada, descobrimos que não só ela sobreviveu mas também todos os outros.

Logo no início, vemos um flashback de Morgan e dos outros tentando fazer contato com sobreviventes. Quando estão prestes a aceitar a derrota, alguém responde perguntando se há ajuda. Logan é quem envia a mensagem: ele está com um grupo de pessoas que procuram algo que só descobriremos mais adiante.

Alicia toma um banho quente que é interrompido por Grace alertando que não despistaram todos os zumbis e que agora eles estão chegando para atacá-los. É preciso despistar os walking dead até que o avião esteja pronto para partir; para isso, tentam guiá-los até a usina nuclear seguindo o alarme disparado. No entanto, ao chegarem lá, o barulho cessa e o grupo precisa correr para se salvar.

Fear the Walking Dead: voo conturbado e reencontros no episódio 5x08 recap

Enquanto isso, Sarah chega à fábrica bem a tempo de pegar Logan e pedir a ajuda desses improváveis aliados para iluminar a pista. Então ele previsivelmente declara: "Não é como eu trabalho". Em resposta, Sarah diz o quanto se arrepende de ter roubado o equipamento de Clayton e avisa que, se recusar a ajudar as pessoas que realmente precisam, ele passará o resto da vida tentando compensar isso. Ainda assim, ele não cede e afirma que prefere permanecer vivo.

Longe dali, o carro que John e Dwight conseguiram para de funcionar, mas pelo menos eles estão de volta ao alcance do rádio, então John conversa com June e pede que ela prometa que não importa o que aconteça encontrará uma razão para viver, assim como ele encontrou nela. June promete, mesmo relutante, e o rádio desliga. Felizmente, uma nota em um tronco, que diz "Se você está lendo isso, significa que ainda está aqui", dá a John a ideia de procurar o carro de Sherry.

O grupo de Morgan e Alicia está se aproximando do local onde está o avião, e com eles os zumbis. O vento muda, direcionando o gás da usina para eles, então todos precisam entrar no avião e esperar John pelo máximo que conseguirem. Al e Strand ligam os motores, June entende que precisam partir porque não há tempo. No último minuto, John e Dwight aparecem no carro de Sherry e conseguem embarcar.

Durante o voo, Morgan diz a Alicia que eles irão para casa, procurarão pessoas para ajudar, mas também cuidarão das próprias vidas e terão que descobrir como fazer isso. Grace quebra o bastão de Morgan e John conta a June que, quando o sinal do rádio desapareceu, ele pensou que nunca mais falaria com ela e percebeu que não poderia deixar de dizer as coisas que queria. Na sequência, com um papel de bala enrolado, ele pede June em casamento e não é preciso dizer que ela aceita.

Fear the Walking Dead: voo conturbado e reencontros no episódio 5x08 recap

No pouso, Sarah e os outros conseguem acender luzes de Natal para iluminar a pista, porém um zumbi cambaleia na direção de Wendell, tropeça nas tomadas e as luzes se apagam. Al alerta que eles estão voando às cegas, mas terão de pousar porque o combustível acabou. Wendell se joga de sua cadeira de rodas e se arrasta para reativar a iluminação bem a tempo da chegada do avião.

Em meio a comemorações e reencontros, Morgan recebe via rádio a ligação de uma mulher pedindo ajuda, mas, antes de poder entender o que está acontecendo, Logan aparece e revela o que seu grupo estava procurando na fábrica: Clayton teria um mapa que levaria até uma refinaria de petróleo onde eles teriam combustível, e Logan se oferece para levá-los até lá em troca das anotações do irmão, que estão com o outro grupo.

Já vimos em Fear The Walking Dead que Logan não é confiável, mas ainda acreditarão que existe algo bom nele? As coisas estão ficando complicadas e eles precisam se estabelecer, então talvez um pouco de combustível os ajude. É certo que ainda há bastante medo, mesmo depois da 5ª temporada.

Este texto foi escrito por Amarílis Virgínia Ferreira via nexperts.