Atenção! O texto a seguir contém spoilers do episódio 3x09 de The Handmaid’s Tale.

“Dizem que no céu o amor vem primeiro. Vamos fazer do céu um lugar na Terra.” As palavras da música da cantora Belinda Carlisle dão o tom do 9º capítulo da 3ª temporada de The Handmaid’s Tale.

(Fonte: Hulu/Reprodução)

Após o surto violento de Ofmatthew no episódio anterior, que a levou diretamente para a UTI do hospital após ser acertada por um tiro, June agora é obrigada a ficar com a companheira de caminhada durante todo o seu tratamento. June tem de permanecer ajoelhada no quarto do hospital, rezando, até que Ofmatthew esteja curada — ou, como ela não demora a perceber, até que o bebê de Ofmatthew esteja vivo e a salvo.

Ninguém se importa com Natalie

June fica extremamente incomodada com a situação. Médicos entram e saem da UTI; aias aparecem, trazidas pela Tia Lydia, para rezar; esposas surgem para dar apoio e pedir que Deus salve Ofmatthew; contudo, ninguém está de fato preocupado com a vida dela. Somente o bebê importa. June é a única que se importa com Natalie e o sofrimento que ela está enfrentando.

Sentindo que algo precisava ser feito, June passa a traçar planos para matar Natalie e acabar com sofrimento dela e o futuro sofrimento do bebê, caso venha a nascer em Gilead. Enquanto algumas aias rezam no quarto da UTI, Ofmatthew começa a ter convulsões. As aias e Tia Lydia continuam suas preces para que Deus salve a vida de Ofmatthew e seu bebê, mas June balbucia palavras com o desejo de que ambos morram.

June, já quase sem forças, pede à Tia Lydia, para ir embora do hospital e voltar para casa. Ela prontamente nega o pedido, alegando que é uma obrigação de June estar ali cuidando de sua companheira. June passa mais uma noite no hospital, mas resolve agir. Ela encontra no lixo do hospital, um bisturi; quando ela decide tirar a vida de Natalie, Janine aparece no quarto. June revela seu plano, mas ela não concorda em tirar a vida de Natalie e vai embora do quarto logo em seguida.

O surto de June

(Fonte: Hulu/Divulgação)

Na manhã seguinte, Serena Waterford aparece para visitar Ofmatthew na UTI e June, ainda com o bisturi, ataca Serena, com a intenção de matá-la. As duas têm uma pequena briga e acabam se cortando. Serena é atingida no braço e June tem um corte na palma da mão. June recebe atendimento médico e acaba revelando seu plano para o médico que a atende. Ela conta que pretendia matar Ofmatthew, Serena e o próprio médico, que mesmo sabendo da ameaça continua o curativo e tenta acalmar os pensamentos violentos de June.

Na noite seguinte, June acorda com o aumento do som dos batimentos cardíacos de Natalie e nota que ela está com sangramento, colocando em risco a sua vida e a do bebê. Prontamente, os médicos surgem para socorrê-la e acabam tendo que fazer uma cesariana. Ambos sobrevivem.

Novos planos

June é liberada para ir para casa; porém, no corredor cruza com uma adolescente que tinha acabado de menstruar pela primeira vez e futuramente iria se tornar uma aia. June então desiste de ir embora e resolve ficar ao lado de Natalie enquanto ela estiver viva no hospital. De volta ao quarto, June pede desculpas a Natalie pela foma como agiu com ela e diz que voltou para poder fugir e libertar tanto o filho de Natalie quanto as meninas que futuramente iriam se tornar aias.

“O céu é um lugar na Terra.”

Este texto foi escrito por Marcelo Omega via nexperts.