A 3ª temporada de Stranger Things tem batido recordes de audiência na Netflix e vem garantindo o retorno de antigos assinantes. Segundo uma pesquisa conduzida pela Cowen & Co. em Wall Street, 13% dos antigos usuários estão se cadastrando novamente para assistir à produção dos irmãos Duffer.

A mesma análise informou que cerca de 51% dos assinantes atuais declararam que planejam assistir à temporada atual da série. Além disso, 5% das pessoas que ainda não utilizam a plataforma de streaming disseram que pretendem assinar para assistir ao seriado. A pesquisa foi realizada com 2,5 mil consumidores dos Estados Unidos entre 26 de junho e 3 de julho.

É preciso deixar claro que, em pesquisas, os entrevistados geralmente afirmam que planejam realizar determinadas ações, mas não há garantia de que realmente serão concretizadas. Além disso, a Cowen & Co. não forneceu contexto sobre o tamanho da resposta de Stranger Things em comparação com outras programações da plataforma.

Stranger Things 3 atraiu antigos assinantes da Netflix

Há quem questione os números do sucesso do 3º ano da série, principalmente por conta da seletividade da empresa em divulgar estatísticas que não passaram por verificações independentes. Por isso, não é possível dizer exatamente quantas pessoas o grupo de Hawkins trouxe para a plataforma, mas no dia 17 de julho a empresa divulgará os ganhos do segundo trimestre de 2019, que poderão dar uma noção melhor a respeito do público e da audiência da companhia.

Soluções para o catálogo

Na última segunda-feira (08), a Netflix informou em um tweet que 40,7 milhões de contas assistiram a Stranger Things desde a estreia da temporada atual, no dia 4 de julho. Com isso, a série passou a ser a produção de maior audiência da Netflix. Como de costume, o serviço não forneceu detalhes sobre seus números, mas informou que 18,2 milhões de perfis já haviam assistido a todos os episódios da produção.

Esse resultado trouxe uma luz para a Netflix, que verá algumas de suas preocupações se concretizando. A empresa há muito tempo havia previsto que perderia títulos de seu catálogo para os grandes conglomerados de mídia que acabariam desenvolvendo seus próprios serviços de streaming. E esse dia está chegando.

Stranger Things 3 atraiu antigos assinantes da Netflix

A empresa terá que se despedir de Friends, que irá para o recém-anunciado HBO Max (da WarnerMedia) em 2020; e dirá adeus para The Office, que irá para o serviço da NBCUniversal em 2021. Ambos os seriados foram os principais em audiência na plataforma em 2018, de acordo com a Nielsen Media Research.

Para solucionar essa questão, a empresa vem investindo em conteúdo original para atrair e reter assinantes. Stranger Things foi uma dessas produções e seu sucesso é fundamental. Segundo uma análise realizada pela Cowen & Co., a plataforma lançou 689 horas de conteúdo original no segundo trimestre de 2019, um aumento de mais de 50% em relação ao ano anterior.

A pergunta que fica em aberto é se a série terá pique para continuar atraindo o público e se a Netflix tem o que é preciso para manter os assinantes que estão voltando.

Este texto foi escrito por Rafaela Ferreira da Silva via nexperts.