Já faz tempo que os fãs de The Handmaid's Tale tentam entender o que poderia levar tia Lydia a cometer atrocidades contra as aias e submetê-las a tanta humilhação e violência. Será que ela realmente acredita tão fervorosamente na causa?

O 8º episódio da 3ª temporada, "Unfit", levou o público a olhar com um pouco mais de atenção para a personagem interpretada tão genialmente por Ann Dowd. Nos acontecimentos anteriores, tia Lydia comandou o enforcamento da Martha de Hannah, que havia cometido o terrível crime de tentar ajudar June a entrar na escola da filha.

Agora, sob a indignação e o ódio das aias, exceto Ofmatthew, que está sendo sumariamente evitada pelas colegas, tia Lydia pune o rompante de ódio de June no episódio anterior, quando ela partiu pra cima da companheira de compras.

No centro da famosa roda em que todas as aias apontam para ela, June é forçada a admitir de quem é a culpa por Hannah estar sozinha, sem nenhuma presença amiga por perto. "Minha culpa", ela diz, em parte realmente acreditando nisso, em parte com o coração cheio de ódio.

Mas ela vai além disso. Querendo o mal da outra, June revela que Ofmatthew está grávida e não quer o bebê, levando a moça para o centro da roda com ela, onde Ofmatthew também passa a ser acusada veementemente por tia Lydia.

Vislumbre do passado

É nesse ponto que The Handmaid's Tale apresenta Lydia Clements, como era chamada a tia Lydia antes de Gilead. Professora de colegial, ela é mostrada aguardando com um aluno, Ryan, a chegada da mãe, Noelle, que está atrasada e chega toda atrapalhada sem planos para o jantar.

Embora esteja julgando a mulher, Clements os convida para jantar e conhece a família, descobrindo que Noelle, uma mulher simplória e confusa, trabalha em um bar.

O tempo passa e eles se aproximam, então Clements passa a ser chamada de tia Lydia pelo menino e vira quase amiga de Noelle, que insiste que ela deve esquecer seu casamento do passado e sair para conhecer um parceiro melhor. Isso leva Lydia a jantar com o diretor da escola, um viúvo, que pula fora do barco quando as coisas começam a esquentar com a professora.

Indignada e magoada, ela desconta tudo em Noelle e consegue fazer com que a mulher perca a guarda de Ryan.

De volta para o futuro

Reunidas para o parto da bebê de Ofandy, June e as outras mulheres veem a criança nascer sem vida, o que perturbadoramente desperta uma sensação de alívio na protagonista.

Em casa, o comandante Lawrence pede a June que ela passe mais tempo com a esposa dele, pois sua companhia aparentemente lhe faz bem, mas a aia diz que ele está matando a mulher com o mundo que criou, e que isso é ainda mais cruel do que tudo o que vem fazendo com Gilead, já que com um simples telefonema poderia permitir que ela fugisse do país.

O homem aceita a declaração de June com o ar misterioso de sempre, mas não sabemos por quanto tempo mais ela terá a liberdade de falar o que quiser para o comandante.

Isso porque logo em seguida, no mercado, June é abordada por tia Lydia e recebe uma espécie de aviso: ela está pensando em tirar a aia do comandante. Para onde ela será enviada?

O episódio de https://www.minhaserie.com.br/serie/1225-the-handmaid-s-tale" target="_blank">The Handmaid's Tale termina acelerado: achando que estão falando dela, Ofmatthew surta e ataca Janine, acertando também o guarda que tenta contê-la. Não satisfeita em atingir o homem no pescoço com um caco de vidro, a aia rouba a arma dele e a aponta para June, depois para tia Lydia, mas não consegue atirar e é removida à força pelos guardas.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.