A 3ª temporada de Stranger Things estreou na Netflix no começo de julho e já é um grande sucesso de audiência. A série, que se passa na década de 1980, explora a cultura da época, sempre apresentando muitos conteúdos relacionados.

Todos os fãs já sabem que os irmãos Duffer, criadores da trama, utilizam muitas referências de filmes daquela década, mas, para ajudar a reforçar o clima oitentista, diversos outros registros da cultura pop são inseridos na produção, como músicas, seriados e atores.

Nós separamos uma lista com as principais referências da cultura pop na 3ª temporada de Stranger Things.

Corey Hart e Bryan Adams

Logo depois da abertura do 1º capítulo, Mike e Eleven estão em um clima bem romântico, trocando beijos ao som "Never Surrender", de Corey Hart. Além disso, outras fitas cassetes aparecem na cômoda do quarto de Eleven, entre elas uma gravação de Bryan Adams, outro cantor muito famoso nos anos 1980.

"Hot Blooded" — Foreigner

"Hot Blooded", na verdade, foi lançada em 1978, mas ficou mais conhecida na década seguinte. A canção aparece na cena em que Billy chega para seu turno de guarda-vidas na piscina pública da cidade e as mulheres, incluindo a Sra. Wheeler, suspiram de amores pelo rapaz.

Magnum

(Fonte: Netflix)

A série Magnum, de grande sucesso na TV, aparece como referência em dois momentos, e em ambos há a ligação com o Hopper. A primeira ocorrência é quando o policial assiste ao seriado em sua TV, descansando em casa. A segunda, mais direta, é no visual do personagem. Magnum, na produção original, adorava usar camisetas floridas e ostentava um belo bigode; exatamente o mesmo visual que Hopper apresenta em muitas cenas nessa temporada.

Cheers

Outra série que aparece em uma das TV de Stranger Things é Cheers, que trazia no elenco nomes como Ted Danson e Shelley Long. A referência é exibida na televisão de Joyce, enquanto ela está jantando e lembrando de Bob, seu ex-namorado, que foi interpretado na temporada anterior por Sean Astin.

Phoebe Cates

A atriz, famosa nos anos 1980 por interpretar personagens nos filmes Picardias Estudantis e Gremlins, foi citada várias vezes, sempre em referência à namorada de Dustin, Suzie, que segundo ele "era mais bonita que Phoebe Cates".

"Weird Al" Yankovic

O "estranho" cantor foi referência em duas cenas. A primeira, quando Joyce vai visitar o professor de Ciências do filho para saber mais sobre os imãs que insistiam em cair de sua geladeira tanto em casa quanto no trabalho: "My Bologna", música de "Weird Al" Yankovic, é a trilha sonora da cena. Além disso, Dustin aparece vestindo uma camiseta do cantor, mais precisamente do seu álbum "'Weird Al' Yankovic em 3-D", de 1984.

"Material Girl"

— Madonna

Não tinha como usar referências musicais da década sem citar a Madonna, certo? "Material Girl" é a trilha sonora da tarde de compras das amigas Max e Eleven. As duas passam horas no shopping, enquanto Eleven escolhe novas roupas que a acompanham durante a temporada.

Mulher-Maravilha e Lanterna Verde

Os dois grandes ícones da cultura pop, não só na década de 1980, estão presentes na série; principalmente a Mulher-Maravilha, que é citada por Max como um símbolo da força feminina. A referência direta aparece quando ela e Eleven estão deitadas na cama e Max apresenta algumas HQs para a amiga, que questiona quem é a heroína.

New Coke

Talvez o refrigerante que melhor represente a década de 1980. A nova (na época) Coca-Cola sempre dividiu a opinião dos consumidores, já que existiam os que amavam e os que odiavam o sabor. E não foi diferente em Stranger Things. Lucas aparece bebendo e curtindo muito enquanto é julgado por Mike, que aparentemente não gosta tanto assim de New Coke.

Jazzercise

Aqueles exercícios físicos das academias, bem típicos dos anos 1980, com muitos movimentos pélvicos e sempre acompanhados de maiôs multicoloridos e das famosas polainas. Pois é, eles também estão presentes em Stranger Things.

Dustin e Steve estão no novo Shopping de Hawkins à procura de espiões russos infiltrados. Eles começam a seguir um suspeito loiro, grande e com cara de mal, mas logo percebem que ele é um professor da academia Jazzercise, uma franquia muito famosa nos Estados Unidos, focada em exercícios aeróbicos e nas danças fitness tradicionais da época.

My Little Pony

O desenho animado My Little Pony foi muito popular entre as crianças da época e também marcou presença na série. A personagem Erica, irmã de Lucas, que fica presa com Dustin no bunker russo debaixo do Shopping Starcourt, carrega com ela uma mochila com os pôneis. Dustin inclusive dá uma pequena aula sobre o desenho em uma conversa com Erica.

A História Sem Fim

A História Sem Fim foi um clássico dos cinemas, lançado em 1984, e recebeu uma grande homenagem em Stranger Things. Dustin-fofo e sua namorada Suzie-fofa cantam juntos a música tema do filme, que é originalmente interpretada pelo cantor britânico Limahl. A cena, que é muito divertida, serve como um excelente anticlímax antes da conclusão da história.

Férias Frustradas

Férias Frustradas também recebeu uma homenagem pelas mãos de Dustin. No arco final da temporada, o grupo tem que se dividir em vários pequenos times e Dustin resolver dar codinomes para eles. O grupo da Eleven acaba sendo chamado de Família Griswold, como no filme protagonizado por Chevy Chase.

E você, pegou mais alguma referência aos clássicos dos anos 1980 na 3ª temporada de Stranger Things? Conte para nós.

Este texto foi escrito por Marcelo Omega via nexperts.

Mais sobre a 3ª temporada de Stranger Things: