Este texto contém SPOILERS do 7° episódio da 3ª temporada de Stranger Things.

Depois de 3 temporadas, Stranger Things introduziu seu primeiro personagem LGBT. No episódio 3x07 do novo ano, descobrimos que Robin (papel de Maya Thurman-Hawke), a colega de trabalho e nova melhor amiga de Steve (Joe Keery), é lésbica.

A cena em que ela conta para o rapaz que gosta de garotas é uma das surpresas da reta final da 3ª temporada, além de um momento sutil e delicado. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a atriz falou sobre a importância da existência da personagem, ainda que sua sexualidade esteja longe de ser o foco da narrativa.

“O melhor de Stranger Things é que tem um alcance tão grande, muitas pessoas assistem no interior do país. Até mesmo um pequeno gesto como ter um personagem gay é um negócio importante. É maravilhoso ter um pedaço daquela humanidade envolvida neste drama gigante cheio de ação. É incrível o que os Duffer Brothers fizeram, interrompendo todo a série – há uma cena de ação acontecendo em outro lugar ao mesmo tempo no episódio – para uma conversa de sete minutos entre duas pessoas que realmente se importam uma com o outra. É realmente uma coisa linda. Eu me sinto muito sortuda por poder interpretar isso”, disse Hawke.

Stranger Things: série introduz primeiro personagem LGBT na 3ª temporada (SPOILERS)Robin (Maya Thurman-Hawke), Steve (Joe Keery) e Dustin (Gaten Matarazzo) são o power trio da 3ª temporada de Stranger Things

Outro ponto importante é o fato de Steve ter reagido apropriadamente à revelação de Robin, fortalecendo a amizade platônica entre os dois e não reduzindo a relação a mais um romance. Com certeza veremos mais da "Scoops Troop" na próxima temporada de Stranger Things.

Mais sobre a 3ª temporada de Stranger Things