É isso aí pessoal, Homem-Aranha: Longe de Casa já está entre nós, inclusive, falamos sobre Mysterio e os Elementais das HQs e fizemos uma crítica do filme. Agora, é a hora de analisarmos um pouco mais a fundo quais são as consequências do novo longa para os personagens, a própria franquia e o Universo Cinematográfico Marvel (MCU, em inglês).

Para isso, separei aqui 6 pontos que se destacam na produção e podem nos trazer coisas muito interessantes no futuro breve. Mas, atenção: SÓ ULTRAPASSE ESSA LINHA DEPOIS DE VER O FILME, POIS O TEXTO ABAIXO ESTÁ CHEIO DE SPOILERS. Ok, bora lá.

Não era sobre o Multiverso

Todo mundo esperava que o filme abrisse o MCU para o Multiverso. Mas a verdade é que o danadinho do Marvel Studios apenas brincou com esse conceito, de repente até para testar a ideia junto à audiência.

Novo filme do Homem-Aranha dá dicas sobre o futuro da MarvelFonte: Sony Pictures/Reprodução

A estratégia deu certo e ainda deve demorar um pouquinho para vermos as Terras paralelas da Marvel Comics nas telonas. De qualquer forma, a própria aparição de J. Jonah Jameson no final tem levado muita gente a sonhar com a possibilidade de um Aranhaverso com Tom Holland, Tobey Maguire e até Andrew Garfield.

Certo mesmo é que Amy Pascall, presidente da Sony Pictures, vem aos poucos convencendo o CEO do Marvel Studios, Kevin Feige, a incluir Venom e outras propriedades que ainda são exclusivas da gigante japonesa na cronologia de suas histórias. Os bons resultados de crítica e bilheteria de Homem-Aranha: No Aranhaverso e de Venom, aliados a esse “lobby” por outras versões do Aracnídeo, podem até gerar algum resultado nesse sentido muito em breve.

Era sobre poderes… e responsabilidades

No final das contas, o filme era sobre a evolução dos poderes do Homem-Aranha, assim como seu desenvolvimento — tanto na pele de herói e Vingador quanto na trajetória do menino que saiu da sombra de seu mentor para se tornar um homem.

Novo filme do Homem-Aranha dá dicas sobre o futuro da MarvelFonte: Sony Pictures/Reprodução

Então, vemos que agora é que Peter Parker tem compreendido sua força e resistência, bem acima das de um ser um humano comum. E o grande destaque fica para o “Sentido de Aranha”, aqui chamado de “Sentido de Peter”: é uma das características mais marcantes do personagem nos quadrinhos.

Mostrar com o “Sentido de Aranha” funciona em “Longe de Casa” é algo que representa bastante no crescimento de Peter e as espetaculares cenas de ação têm tudo a ver com isso. A ideia é que a partir de agora vejamos mais desse desenvolvimento, até chegarmos clássico Homem-Aranha que todo mundo conhece.

Carreira solo

Um dos grandes desafios do Marvel Studios a partir da Fase 4 é tornar seus filmes em experiências mais autocontidas. Homem-Aranha: Longe de Casa é um ótimo filme, mas se você tirar o estofo que o MCU acrescenta à história, o roteiro deixa muito a desejar. Ou seja, as últimas produções têm sido todas muito dependentes de todo o universo da Casa de Ideias.

Novo filme do Homem-Aranha dá dicas sobre o futuro da MarvelFonte: Sony Pictures/Reprodução

Quando Kevin Feige disse que a “Saga do Infinito” só terminaria com o novo filme do Amigo da Vizinhança, era sobre isso que ele estava dizendo: a partir de agora, teremos narrativas mais independentes, que possam ser também compreendidas pelos marinheiros de primeira viagem e sejam amigáveis a todos os tipos de público, a partir de uma fórmula mais tradicional de contar histórias.

Isso pode ser muito benéfico para a franquia do Homem-Aranha, em si, pois agora sim poderemos ver esse cantinho florescer sem a “Stark-dependência”, por exemplo. Sem contar que, sem interferência constante de outras linhas de história, diretores terão mais liberdade para criar — e quem sabe caras como Edgar Wright não voltam para o Marvel Studios, não?

Elementos clássicos

Kevin Feige foi muito corajoso ao introduzir o Homem-Aranha de Tom Holland no cinema. Isso porque ele sabia que se tratava de uma versão inicial do personagem, que ainda teria que crescer bastante para apresentar alguns dos elementos clássicos que o tornaram o super-herói mais popular do planeta.

Novo filme do Homem-Aranha dá dicas sobre o futuro da MarvelFonte: Sony Pictures/Reprodução

Em Homem-Aranha: Longe de Casa temos os atiradores de teia, o uniforme, o romance com MJ, o “Sentido de Aranha”, superforça, resistência acima do comum, Tia May, o humor com o jeitinho de falar sem parar… Temos até mesmo J. Jonah Jameson e o Clarim Diário!

Ou seja, esse é o filme do Marvel Studios que mais concentra os elementos clássicos da fase mais conhecida, de Stan Lee e John Romita. A ideia é que no próximo já tenhamos tudo isso mais maduro e outros componentes que os haters tanto reclamavam quando Homem-Aranha: De Volta ao Lar estreou.

Demolidor em Homem-Aranha 3?

Bem, agora falando sobre as duas cenas pós-créditos… Há bastante coisa que pode sair dali e uma em especial chama a atenção: a revelação da identidade do Homem-Aranha como Peter Parker. Isso já aconteceu nos quadrinhos, mas o contexto tinha a ver com a Guerra Civil, mas por que então trazer isso agora?

Novo filme do Homem-Aranha dá dicas sobre o futuro da MarvelFonte: Marvel Comics/Reprodução

Durante as entrevistas de divulgação do novo filme do Amigo da Vizinhança, Feige admitiu estar de olho nos personagens que estavam com a Netflix. Ele mesmo afirmou que não pode fazer nada com esses heróis (e vilões) até 2020, por questões contratuais. Aliás, o CEO do Marvel Studios deixou todos com a pulga atrás da orelha quando contou que seu personagem predileto do serviço de streaming poderia dar um spoiler sobre o que vem por aí.

Será que no próximo Homem-Aranha do Marvel Studios teremos a presença de um certo advogado da Cozinha do Inferno para ajudar Parker a explicar sua identidade para o público e as autoridades? A possível data de estreia de um terceiro filme estaria em 2021, quando o Demolidor já poderia ser usado por Feige...

Temos que falar sobre… Invasão Secreta

Outra forma de explicar a identidade de Parker seria dizer que ele é um alienígena, mais especificamente, um Skrull (e isso serve também para J. Jonah Jameson, mas provavelmente vão simplesmente dizer que existem vários J.J.J. parecidos em outras Terras). Embora isso seja muito improvável, fato é que os etês metamorfos estão entre nós há um bom tempo, como mostra a revelação de que Fury está fora da Terra também por um período aparentemente longo.

Novo filme do Homem-Aranha dá dicas sobre o futuro da MarvelFonte: Marvel Comics/Reprodução

Isso abre muitas possibilidades para o cantinho cósmico do MCU e praticamente confirma que Fury está em uma estrutura espacial semelhante à SWORD, a equivalente da SHIELD para ameaças interplanetárias. Tudo leva a crer que a Capitã Marvel ainda esteja envolvida com a Guerra Kree-Skrull.

E mais: tudo bem que Talos e Soren são representações muito mais amigáveis e diferentes do que os Skrulls dos quadrinhos, mas nada impede que outras versões malignas, a exemplo do Super Skrull, já estejam caminhando na Terra por algumas boas décadas. Quem sabe a Invasão Secreta já nem seja tão secreta assim…

A matéria "Homem-Aranha: o que o novo filme nos diz sobre o futuro da Marvel?" foi escrita por Claudio Yuge para o TecMundo, um site da empresa NZN assim como o Minha Série.