Este texto contém spoilers do primeiro episódio da série Euphoria.

Eric Dane está de volta à TV em Euphoria, nova série dramática da HBO, e em um estilo de papel inédito em sua carreira. Mais conhecido como o Dr. Mark Sloan de Grey’s Anatomy ou como o Almirante Tom Chandler de The Last Ship, o ator agora interpreta Cal Jacobs – um aparente homem de família que tem relações sexuais com uma adolescente transexual (interpretada por Hunter Schafer).

Em entrevista à Entertainment Weekly, Dane falou sobre as dificuldades de filmar a cena de sexo explícito, que incluiu um nu frontal seu e um especialista em intimidade no set.

“Aquelas cenas são muito difíceis de filmar. Ajuda ter uma voz no seu ouvido. Uma voz para quem você pode expressar seus sentimentos e alguém que advogue pelos atores. Simplifica muitas coisas e cria um ambiente seguro e confortável enquanto filmamos uma cena bastante desconfortável. E, certamente, o que fizemos no episódio piloto não é uma exceção. É uma cena muito intensa.”

Euphoria: Eric Dane comenta polêmica cena de sexo e nudez frontal (spoilers)Eric Dane em cena da série Euphoria (HBO/Divulgação)

No entanto, nem tudo o que vemos é real. Dane confirmou que o pênis visto no primeiro episódio de Euphoria era uma prótese, mas que isso foi uma decisão em grupo da produção, pois ele estava disposto a ficar nu em nome de “criar um sentimento de realidade e verdade para a história”.

“Usar uma prótese é meio que protocolo [em cenas de nu masculino]. É protocolo e também é em respeito ao seu parceiro de cena”, explicou. Questionado sobre a diferença de Cal para seus antigos personagens, Eric Dane reforçou que sentiu que estava em um ponto da carreira onde precisava fazer algo diferente. “Quem quer me ver interpretar o mesmo cara de novo e de novo?”

Ele ainda diz ter se encantado pelo roteiro de Euphoria já ao ler o episódio piloto, que definiu como “inovador, único e sem arrependimentos”. O ator ainda reforça que os temas sensíveis abordados pela série – como drogas, sexo e diferentes tipos de abuso – servem como um alerta e não apologia.

“Certamente não é uma carta de amor para drogas ou vício em drogas, mas é um conto preventivo, essas são algumas circunstâncias bastante realistas e como esses jovens estão lidando com elas é provavelmente como muitos jovens hoje em dia iriam lidar. A série oferece uma ótica crua sobre o que significa ser um adolescente hoje – dependência de drogas, conflito pessoal. Quando você está enfrentando problemas como esse, você faz um desserviço ao não ser sincero", completou.

A 1ª temporada de Euphoria estreou no último dia 16 de junho, e vai ao ar aos domingos, às 23h, na HBO.

Além de Dane e Schafer, a série também é estrelada por Zendaya (de O Rei do Show e Homem-Aranha: De Volta ao Lar), Sydney Sweeney (Everything Sucks!, The Handmaid's Tale e Sharp Objects), Jacob Elordi (A Barraca do Beijo), Austin Abrams (The Walking Dead, Cidades de Papel) e Algee Smith (Detroit em Rebelião, O Ódio que Você Semeia).