No último mês, uma polêmica envolveu o nome de Natalie Portman devido a um suposto envolvimento da atriz com o músico Moby.

No começo de maio, Moby lançou “Then It Fell Apart”, um livro de memórias em que relata um namoro com a atriz de Cisne Negro quando ela teria por volta dos 20 anos. Segundo ele, o relacionamento teria começado no camarim de um show seu: ele teria sido surpreendido pela visita de Natalie, ela teria flertado com ele e feito um convite para que eles se encontrassem quando ele estivesse em Nova York.

O problema é que Portman nunca interpretou esse período de sua vida como se estivesse em um namoro, especialmente porque ela era ainda uma jovem de 18 anos recém-formada no ensino médio e ele um homem 13 anos mais velho.

Em entrevista à Harper’s Bazaar britânica, ela declarou: “eu fiquei muito surpresa por saber que ele caracterizou aquele breve momento em que convivemos como um namoro, porque eu me recordo de um homem muito mais velho sendo um completo esquisito comigo”.

Natalie Portman contesta Moby sobre relato de namoro no passado

Diante da declaração de Portman, Moby foi ao Instagram com o intuito de provar que o relacionamento existiu. Para tanto, ele postou uma foto em que aparece sem camisa com um dos braços sobre os ombros da moça. Na legenda, ele alegava que a entrevista concedida pela atriz não passava de uma fofoca e a acusava de mentir sobre sua vida amorosa.

Tendo acusado o cantor de utilizar a aproximação que eles tiveram no passado como um recurso para impulsionar a venda de seu livro, a atriz ainda acrescentou que ela era apenas uma fã: “nós saímos juntos algumas vezes antes de eu perceber que ele era um homem mais velho que estava interessado em mim de uma maneira inapropriada”.

Depois de Moby ter feito ironias no Instagram dizendo que as pessoas estavam escolhendo acreditar em acusação ao invés de provas, a equipe da atriz finalizou a discussão dizendo que Natalia já havia dito tudo o que precisava sobre o assunto.

Resultado?

Natalie Portman contesta Moby sobre relato de namoro no passadoFonte: IMDB/reprodução

Neste final de semana, ele publicou em sua conta do Instagram uma imagem com os dizeres: “de Moby, um pedido de desculpas”. Na legenda, um textão, o músico reconhece que devia ter tido mais cuidado com as afirmações que fez em seu livro e que Natalie Portman devia ter sido consultada sobre a menção feita a ela.

O texto completo escrito por Moby você pode ler abaixo em tradução livre:

"Nos últimos dias, percebi que muitas das críticas feitas a mim sobre a inclusão de Natalie em “Then It Fell Apart” são muito válidas.

Eu também reconheço plenamente que foi imprudente da minha parte não deixá-la saber sobre sua inclusão no livro de antemão. Da mesma forma, também fui imprudente em não respeitar totalmente a reação dela.

Eu tenho muita admiração por Natalie, por sua inteligência, criatividade e ativismo pelos direitos dos animais, e eu odeio ter causado aflição a ela e sua família.

Eu tentei tratar todos que eu mencionei em “The It Fell Apart” com dignidade e respeito, mas mesmo assim foi realmente imprudente para eu não deixá-los saber antes do livro ser lançado.

Então, por isso, peço desculpas a Natalie, assim como às outras pessoas sobre as quais escrevi em Then It Fell Apart sem antes avisá-las.

Também aceito que, dada a nossa diferença de quase 14 anos, eu deveria ter agido com mais responsabilidade e respeito quando Natalie e eu nos conhecemos há quase 20 anos.

Moby".

Este texto foi escrito por Gabriela Petrucci via nexperts.