A franquia Jogos Mortais vai voltar aos cinemas depois de sete filmes numerados e uma tentativa de revitalizar a série. Um novo capítulo da saga foi confirmado pelo estúdio Lionsgate, mas desta vez com um diferencial: o astro da comédia Chris Rock nos bastidores.

O ator escreveu a história inicial que foi proposta e aprovada pela distribuidora, além de atuar como produtor executivo. Não há indicativos de que ele vá ou não integrar o elenco até o momento. "Eu sou um fã de Jogos Mortais desde o primeiro filme, em 2004. Estou empolgado pela oportunidade de levar ele a um intenso e perturbador lugar novo", afirmou em um comunicado.

Rock é mais conhecido como comediante experiente no cinema, na televisão e em stand-up. Mas ele também já atua em papéis executivos: é o criador, roteirista e produtor de Todo Mundo Odeia o Chris, série em que ficcionaliza a própria infância, e teve um talk show na HBO no final da década de 1990.

"Quando o Chris veio para nós e descreveu cada detalhe arrepiante da sua visão fantástica que reimagina e desdobra o mundo do notório Jigsaw, nós entramos com tudo", disse Joe Drake, presidente da Lionsgate, que ainda avisou qual o tom do longa: ele "faz reverência ao legado do material enquanto revigora a marca".

Vale aqui um comparativo: Danny McBride (Vice Principals, Chozen) também se criou como ator na comédia e recentemente escreveu o roteiro do novo e elogiado Halloween. O novo Jogos Mortais será escrito por Pete Goldfinger and Josh Stolberg (com base no roteiro de Rock) e dirigido por um veterano na franquia: Darren Lynn Bousman, que comandou Jogos Mortais 2, 3 e 4.

Este texto foi escrito por Nilton Kleina via nexperts.