Atenção! O texto a seguir contém spoilers sobre o episódio 15x24 de Grey's Anatomy.

O penúltimo episódio da 15ª temporada de Grey's Anatomy foi uma montanha-russa de emoções, quase ao estilo de um season finale. Um personagem consegue admitir seus sentimentos, Jo finalmente se abre a respeito do encontro com a mãe e mais um médico deve abandonar o jaleco branco.

O sangue para Gus

Logo no início do capítulo, Meredith desperta de um pesadelo na cama com Jo, enquanto Amelia percebe que Link amanheceu em sua casa após pegarem no sono e Maggie acorda com mosquitos no acampamento com Jackson.

No hospital, Gus piora, mas uma doadora já está a caminho, diretamente da Inglaterra. Alex encarrega Schmitt de trazê-la do aeroporto, mas a moça tem uma crise de pânico e não consegue sair do avião. A mãe de Gus tem um acesso de fúria e quebra a torre de Lego que o filho havia construído.

O pai de Gus acaba tropeçando e caindo sobre as peças, machucando-se seriamente. Por conta disso, ele é levado para a sala de operação. Ao saber da dificuldade de trazer a doadora ao Grey Sloan, Owen ruma para o aeroporto, mas a mulher não o deixa tirar seu sangue dentro do avião, muito menos convencê-la de que é seguro saírem dali.

O médico apresenta a doadora a Gus e sua mãe através de uma videochamada e assim ela concorda em ir para o hospital. Enquanto isso, o estado de Gus obriga Alex a colocá-lo na câmara hiperbárica. Em paralelo, o carro com Schmitt, Owen e a doadora freia ao encontrar um grande engarrafamento.

A confissão de Jo

Na casa dos Karev, Mer conta que, além de ajudar Jo, dormiu lá para fugir de DeLuca e de seu "Eu te amo". Jo se irrita com esses supostos problemas amorosos, mas Meredith a lembra de que a última pessoa para quem disse "Eu te amo" morreu.

Grey aproveita para tentar entender o caso de Jo, argumentando que ela e Alex também enfrentaram problemas com os pais. "Sua mãe foi estuprada pelo seu pai? É por isso que você existe? Você é a cara dele?", argumenta Jo.

Jo acredita que nunca deveria ter existido, mas Meredith a convence de tudo de bom que surgiu por causa dela. Elas concordam em conversar com Bailey sobre uma licença temporária, a fim de que, quando estiver pronta, sua carreira esteja a sua espera.

A confissão de Teddy

Teddy vai até a casa de Owen e, ao abrir a porta, encontra Amelia com Leo nos braços. "Eu abri um portal no tempo?", questiona, mas Shepherd explica que eles terminaram de vez e ela só está lá cuidando do bebê.

A grávida fica aliviada e admite que, por mais que Tom a faça rir e se sentir segura, ela ama Hunt de verdade. A cardiologista se mostra pronta para dizer isso a ele quando percebe que sua bolsa estourou e está prestes a dar à luz.

Na mata, Maggie e Jackson caminham até um local que ele descobriu na última vez que esteve ali, mas Pierce é picada por um inseto e machuca o tornozelo. Quando o casal volta à barraca, o pager de Maggie tem inúmeras notificações sobre Gus e eles precisam voltar para o hospital.

Por lá, ninguém sabe o motivo de uma súbita reunião da qual Bailey e Catherine participam.

A mentira de DeLuca

Meredith encarrega DeLuca de vigiar Jo e encontra Alex na câmara hiperbárica. O que ela não imagina é que Andrew é chamado por Bailey para se juntar à reunião misteriosa que envolve os inspetores do seguro do hospital sobre uma suposta fraude por parte de Meredith, já que a doutora teria colocado o nome da filha na ficha de Gabi, uma jovem imigrante sem condições de pagar o próprio tratamento.

DeLuca chama Meredith pelo vidro da câmara e Catherine surge atrás dele.

O italiano mente a favor de Grey, dizendo que falsificou a ficha de Gabi sem o conhecimento da médica e se entregará à polícia. Meredith tenta fazê-lo desistir, mas não consegue impedi-lo por estar presa na câmara que não pode ser aberta naquele momento.

No fim do episódio, retornamos ao carro que leva Owen, Schmitt e a doadora. Envolto por uma névoa espessa, que não os permite enxergar um palmo à frente, o veículo é cercado por vários carros colidindo uns contra os outros devido à falta de visibilidade.

Este texto foi escrito por Caíque Pereira via nexperts.