Se você procurar por comédias na Netflix, encontrará uma infinidade de títulos de todas as vertentes possíveis — das românticas ao besteirol, tem de tudo. E uma das linhas com maior variedade de opções é a de stand-up comedy, com especiais de alguns dos humoristas mais brilhantes que o mundo já viu.

De clássicos como Adam Sandler e Jerry Seinfeld até novidades como Chelsea Peretti, separamos 25 especiais de comédia que fazem parte do catálogo da plataforma de streaming. Veja as dicas!

1. Adam Sandler: 100% Fresh

Um rosto conhecido por quem é fã do gênero, Adam Sandler foi o nome que despertou o interesse de muita gente no mundo inteiro. Abrindo esta lista, o humorista tenta trazer um pouco de frescor para uma carreira pra lá de consolidada pela comédia. Em 100% Fresh, ele resgata referências a vários de seus trabalhos anteriores, faz uma reflexão sobre a vida e a profissão e homenageia Chris Farley, colega da área que faleceu no fim da década de 1990 com apenas 33 anos.

2. Ali Wong

Maternidade, feminilidade, relacionamentos e cotidiano familiar são as principais — mas não as únicas — temáticas que Ali Wong aborda em dois especiais de stand-up disponíveis na Netflix: Baby Cobra e Hard Knock Wife. Com uma pegada que lembra em parte a série The Marvelous Mrs. Maisel, Wong mira na jugular da vida de casada e da criação dos filhos.

3. Amy Schumer

Uma das grandes comediantes norte-americanas da atualidade, Amy Schumer não tem medo de tratar de questões relacionadas ao corpo, à autoestima e à feminilidade e com frequência fala de sexo, namoro, relacionamentos e todas as confusões que podem estar envolvidas nesses aspectos da vida.

Dois programas dela estão disponíveis na Netflix brasileira: The Leather Special e Growing. No primeiro, Schumer fala de assuntos mais gerais da vida, enquanto no segundo, que gravou enquanto estava grávida, trata das desventuras da gestação, do casamento e dos conselhos equivocados que os pais nos dão.

4. Chelsea Handler: Uganda Be Kidding Me

Além de duas séries documentais, Chelsea Handler tem disponível na Netflix o especial de stand-up comedy Uganda Be Kidding Me, seu primeiro do tipo para a plataforma, no qual conta as aventuras de um passeio inusitado que fez pela África.

5. Chelsea Peretti

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=wdnHJtqpxVo[/youtube]

Sim, você conhece esse rosto de algum lugar. O nome Chelsea Peretti pode não ser ainda uma grande referência dentro do universo de stand-up, mas quem acompanha as sitcoms reconhece a atriz de Brooklyn Nine-Nine. Com seu show One of the Greats, ela constrói um espetáculo cheio de metalinguagem em que mostra todo seu carisma e talento.

6. Chris Rock: Tamborine

Chris Rock solta o verbo em Tamborine para falar sobre a verdade por trás dos relacionamentos duradouros, sobre como criar filhos negros em um país racista e sobre ironias da política estadunidense, sem pena de fazer algumas piadas mais pesadas. Ácido, o humorista — que foi um dos produtores-executivos de Todo Mundo Odeia o Chris — não economiza nas críticas a seu próprio país.

7. Chris Tucker Live

Chris Tucker retorna a sua cidade natal, Atlanta (EUA), para gravar esse stand-up cheio de identidade e personalidade sobre aspectos da vida que o levaram a se tornar o consagrado nome do humor que é hoje. Marcado pela nostalgia, o roteiro de Chris Tucker Live incorpora referências da infância e de sua trajetória pessoal.

8. Dave Chappelle

É impossível fugir da temática do racismo quando se traz um comediante negro para os palcos. Dave Chappelle sequer tenta fazê-lo e escancara o preconceito da sociedade americana, para deleite do público. Dois especiais dele estão disponíveis na Netflix: Equanimidade e uma coleção com dois outros episódios.

9. Eddie Murphy: Delírio

Para quem gosta de um stand-up raiz, a Netflix presenteia os fãs com um Eddie Murphy jovem, com seu bom humor politicamente incorreto direto dos anos 1980. Gravado de uma apresentação feita pelo astro em 1983 — uma das responsáveis por torná-lo famoso —, Delírio traz vários assuntos do cotidiano.

Plus: o figurino maravilhoso da época.

10. Ellen DeGeneres: Bem Relacionada

Sucesso na TV com seu talk show, Ellen DeGeneres retorna aos palcos para fazer comédia com Bem Relacionada, em que explora os pontos altos e baixos do sucesso e da fama, conta histórias inacreditáveis de sua trajetória como comediante e diverte os fãs com os pormenores de sua vida.

11. Jen Kirkman: I'm Gonna Die Alone (And I Feel Fine)

Com o título I'm Gonna Die Alone (And I Feel Fine)Eu vou morrer sozinha (e eu me sinto bem), em tradução livre —, já dá até para imaginar sobre o que Jen Kirkman fala em seu stand-up, não é? Quarentona, divorciada e sem filhos, ela brinca com os ideais de sucesso pessoal e profissional e com os percalços de ser uma pessoa fora do convencional, tratando com acidez temas como divórcio, filhos, sexo e expectativas.

12. Jerry Seinfeld

Até Jerry Seinfeld duvida da própria capacidade de ser engraçado no palco, mas o fato é que ele é um dos nomes transformadores do gênero nos Estados Unidos. E, já que sua sitcom não está na Netflix, existem algumas opções para matar a saudade do humorista. Além de Comedians in Cars Getting Coffee, em que entrevista comediantes durante passeios em carros antigos e por cafeterias espalhadas pelo país, ele retorna ao mesmo palco em que começou sua carreira, e o resultado é Jerry Before Seinfeld.

13. Jimmy Carr

Sem economizar nas piadas, Jimmy Carr reúne no especial The Best of Ultimate Gold Greatest Hits algumas piadas e cenas de outros momentos da carreira em um show do tipo coletânea de maiores sucessos. Além disso, é possível conferir Jimmy Carr: Funny Business, que foi gravado no Reino Unido, onde o comediante nasceu.

Para quem curte o trabalho de Carr, ele também participa de The Fix, uma produção original da Netflix comandada por ele mesmo, por D. L. Hughley e por Katherine Ryan com a participação de convidados.

14. Katherine Ryan: In Trouble

A comediante Katherine Ryan incorpora suas mais destemidas piadas em In Trouble, uma apresentação sobre relacionamentos com homens mais jovens, maternidade solo, dia a dia e coisas da vida. Um dos grandes nomes entre as humoristas da atualidade, Ryan não economiza na acidez e nos comentários maldosos sobre celebridades.

15. Ken Jeong: You Complete Me, Ho

Em Community ou em filmes como Se Beber, Não Case, Ken Jeong fez participações sempre muito divertidas em diversas produções hollywoodianas. Já em You Complete Me, Ho, seu primeiro especial de stand-up, ele é a estrela principal e fala sobre seu trabalho em Hollywood e se diverte com os bastidores da vida de famoso.

16. Kevin Hart

Seriously Funny, What Now e Irresponsible são as três apresentações do hilário Kevin Hart que podem ser vistas no catálogo da Netflix. Nelas, o ator traz para o palco questões de sua vida pessoal, do convívio com a família e de seus próprios erros e vacilos. Sucesso da área, ele arranca gargalhadas de plateias lotadas ao redor do mundo com suas sacadas e tiradas sempre na hora certa.

17. Ricky Gervais: Humanidade

A trajetória de Ricky Gervais como comediante não é nada nova. O ator e humorista já integrou o elenco de diversos filmes do gênero, mas passou um bom tempo afastado dos palcos. No especial de stand-up Humanidade, de 2018, Gervais retorna a esse tipo de espetáculo depois de 7 anos, mostrando que ainda leva jeito para a coisa.

18. Seth Rogen: Hilarity for Charity

Outro nome conhecido do humor que marca presença no catálogo de comédias stand-up, Seth Rogen também chega aos palcos trazendo piadas, esquetes e música combinados em um super show, Hilarity for Charity, com a participação de alguns outros humoristas.

19. Steve Martin e Martin Short: An Evening You Will Forget for the Rest of Your Life

Quem disse que precisa ser jovem para fazer stand-up comedy? Dois dos mais importantes comediantes dos anos 1990, os veteranos Steve Martin e Martin Short estão juntos em An Evening You Will Forget for the Rest of Your Life (Uma noite que você vai esquecer pelo resto da sua vida, em tradução livre). Amigos, os dois ícones compartilham histórias, piadas e causos com uma boa dose de música e relembram fatos antigos das carreiras.

20. Trevor Noah

Com duas apresentações — Filho de Patrícia e Afraid of the Dark —, Trevor Noah traz para as telas toda a bagagem que fez dele um sucesso no The Daily Show, com piadas que vão desde pratos típicos até racismo, passando por aspectos culturais diversos e suas experiências como imigrante sul-africano.

Prata da casa

Clarice Falcão: Especial de Ano Todo

Não é exatamente um stand-up convencional, mas tem comédia também. Em Especial de Ano Todo, entre uma música e outra e mesmo nas letras das canções, Clarice Falcão esbanja toda sua graça com piadas para cada mês do ano e quadros de humor.

Felipe Neto: Minha Vida Não Faz Sentido

Fenômeno do YouTube, Felipe Neto leva para a Netflix toda a fama conquistada na outra plataforma de streaming. No especial Minha Vida Não Faz Sentido, ele resgata histórias de sua biografia e reúne algumas piadas e tiradas que fizeram tanto sucesso entre os fãs de seus vídeos.

Marco Luque: Tamo Junto

Em Tamo Junto, o ex-CQC Marco Luque explora temas como diferenças culturais brasileiras, coisas que as pessoas fazem no dia a dia e sua paixão pelo cinema.

Murilo Couto: Eu, Eu, Murilo

Toda a expressividade do comediante está presente na apresentação Eu, Eu, Murilo, cheia de quadros quase performáticos que exploram não apenas a criatividade do comediante em suas falas mas também alguns elementos de cenário e quadros com interpretação de personagens.

Rafinha Bastos: Ultimato

Outro ex-CQC que conquistou seu espaço fora do programa de humor que foi sucesso nos anos 2000, Rafinha Bastos pode ser encontrado no catálogo de especiais de comédia stand-up da Netflix. Em Ultimato, ele fala sobre divórcio, amor, relacionamentos e carreira, incluindo a famigerada piada sobre a cantora Wanessa que quase custou seu trabalho.

Bônus track: Comediantes do Mundo

A série Comediante do Mundo traz 13 coleções com 47 comediantes de 13 países e plateias do mundo inteiro: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Índia, Alemanha, França, Holanda, México e Oriente Médio.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.