Atenção! Este texto contém SPOILERS do episódio 14x17 de Supernatural, exibido no dia 4 de abril pela emissora americana The CW.

Jack (Alexander Calvert) mais uma vez esta à beira do precipício metafórico em Supernatural. No episódio "Game Night", o rapaz deu mais um passo em direção da escuridão dentro de si e cometeu atos que podem mudar para sempre o modo com que Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) o enxergam. Além disso, um velho conhecido retornou para causar mais problemas e interromper uma noite agradável em família – mas pode ter sido a última vez.

Nick ainda não desistiu de Lucifer, mas teria esse sido seu fim?

Já na reta final do episódio 17, Nick quase é bem-sucedido em sua tentativa desesperada de trazer Lúcifer de volta do “Vazio”, mas Jack e Mary o interrompem a tempo. Obs: Sam e Dean estão ocupados tentando salvar Donatello, enquanto Castiel e Anael procuravam por um meio de entrar em contato com Deus.

Assim que impede o mortal de ressuscitar seu pai biológico, Jack usa seus poderes para quebras os ossos e queimar Nick vivo. Aparentemente, o garoto mata o homem na frente de Mary – vale apontar que não tivemos uma confirmação que ele está morto mesmo e não apenas gravemente ferido.

Jack matou Mary Winchester?

Jack então tenta convencer a mulher que precisava matar Nick, mas se desespera com a possibilidade de Mary contar para os irmãos Winchester que ele é um assassino. O rapaz então perde o controle, e a última coisa que vimos são seus olhos brilharem e a tela escurecer. Então ouvimos Jack sussurrar assustado: “Mary?”, indicando que alto terrível aconteceu.

Não ajuda o fato de que Mary Winchester passou o episódio praticamente se despedindo dos filhos, ao dizer o quanto estava orgulhosa deles e que cada dia ao seu lado era um presente. Nem que o trailer do próximo episódio traga Nick (ou uma alucinação de Lucifer?) dizendo a Jack que Sam e Dean nunca vão o perdoar por isso.

Com o fim de Supernatural anunciado para a 15ª temporada, será que a série vai apostar em Jack cedendo ao mal dentro de si e se tornando o último grande vilão? Ou será que fomos enganados a pensar que ele cruzou essa linha sem volta, mas na verdade ninguém realmente morreu?

Mais novidades sobre Supernatural: