Não se sabe com certeza o número de assinantes da Netflix na Itália, mas um estudo da consultoria Ernst & Young estima que a quantidade dobrou no último ano, atingindo por volta de 5 milhões de usuários. Talvez seja por isso que o serviço de streaming tem investido em produções originais no país; na última semana, a empresa anunciou que encomendou três novas séries italianas.

As obras parecem ser voltadas a públicos diferentes, trazendo gêneros e histórias distintas às telas dos assinantes. Curon terá elementos supernaturais, passando-se em uma vila no norte da Itália, com enredo que conta a história de uma mãe e seus filhos adolescentes, que retornam à misteriosa terra natal para descobrir o que está por trás de seu passado. O principal roteirista será Ezio Abbate, que foi responsável por Suburra, a primeira obra original italiana da Netflix; e a produção será da Indiana Productions.

Netflix encomenda 3 séries italianas originais(Reprodução/Pexels)

A segunda série será uma adaptação do romance adolescente Three Steps Over Heaven, que foi tão bem-sucedido na Itália que chegou a ser refilmado na Espanha. A série será produzida pela Cattleya, que foi responsável por Suburra. De acordo com as informações promocionais da Netflix, Three Steps Over Heaven contará a história de dois personagens, Sally e Ale, que são fortemente atraídos um pelo outro e pelas diferenças entre os mundos nos quais vivem. O filme original se passa em Roma, mas o seriado terá a costa do Mar Adriático como cenário.

Já a adaptação do romance italiano "Fedeltá" tratará de um casal de Milão com cerca de 30 anos de idade. A Netflix adquiriu os direitos de adaptação do livro há pouco tempo e ainda não há um produtor italiano participando do projeto.

Mas as séries não são as únicas produções originais da Netflix na Itália, já que a empresa também anunciou o filme Lo Spietato. Produzido pela Bibi Film e pela Rai Cinema, será lançado nos cinemas, semelhante ao que aconteceu com Roma — inicialmente, está programada uma curta temporada de exibição nos cinemas italianos no início de abril, mas, a partir do dia 19, o filme estará disponível para todos os assinantes do serviço de streaming.

Também há três stand-ups sendo produzidos, além da segunda temporada da série Baby, que aborda o cenário de prostituição adolescente nos arredores de Roma. Outras produções originais em andamento são a primeira temporada da série Luna Nera, baseada em um manuscrito não publicado sobre mulheres acusadas de feitiçaria no século 17, e a adaptação de uma franquia italiana de animações chamada Fandango.

De acordo com Kelly Luegenbiehl, vice-presidente de séries internacionais originais para Europa e África da Netflix, a Itália está repleta de ótimos contadores de histórias e talentos. O objetivo da empresa é encontrar essas vozes locais e únicas que podem gerar identificação em todos os lugares com pessoas que adoram televisão.

Este texto foi escrito por Camila Pessoa via nexperts.