O ano de 2017 parece uma dimensão paralela e distante: houve o começo dos escândalos de assédio sexual em Hollywood, Donald Trump tomou posse nos EUA, descobrimos papelão na carne brasileira e o Oscar quase premiou o filme errado.

Nessa lista de eventos inesperados, surgiu um ponto de esperança e a Amazon anunciou uma prequel de O Senhor dos Anéis, mas não deu mais detalhes. Para responder às suas perguntas, reunimos tudo que já sabemos sobre a série baseada na obra de J. R. R. Tolkien:

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Amazon

Aconteceria na Segunda Era da Terra-Média

Pelo Twitter oficial da série, a Amazon deu boas-vindas à Segunda Era após atualizar seu mapa interativo da Terra-Média com a ilha de Númenor — um indicativo marcante do período em que a produção se passaria. O local é o lar dos ancestrais de Aragorn e dos Reis dos Homens, afundado depois de uma guerra contra os deuses.

A Segunda Era começou 3 mil anos antes de "A Sociedade do Anel", com a derrota de Morgoth, o Senhor das Trevas anterior a Sauron.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Warner Bros

A época durou até a queda do vilão que conhecemos pelos filmes, quando foi vencido pela última união entre homens e elfos. Desse modo, não faltarão momentos importantes para a série, desde a queda de Númenor à forja do Um Anel, até a criação dos Nazgûl e as primeiras guerras dos Anéis do Poder entre os elfos e o próprio Sauron.

Sauron pode ser um dos personagens principais

Durante a Segunda Era, o criador do Um Anel tem a habilidade de adquirir uma forma corpórea. Logo, ao invés do Grande Olho com que estamos acostumados, poderemos ver uma versão humana de Sauron. Após a derrocada de Morgoth, o novo Senhor das Trevas surge sob uma bela forma, adotando o nome de Annatar (Senhor dos Presentes) e ajudando na criação dos Anéis de Poder.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Warner Bros

Secretamente, ele cria o Um Anel, aquele que governaria todos os outros anéis e seus portadores, inserindo parte de seu poder no objeto. Apesar disso, os elfos percebem a malícia de Sauron e escondem seus anéis mais poderosos.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFotos: Warner Bros

Rostos familiares podem aparecer

Graças à longevidade, alguns personagens têm a possibilidade de voltar às telas. Por exemplo, o meio-elfo Elrond, vivido por Hugo Weaving nos filmes, cultivava desavenças com Sauron. Além dele, os elfos Galadriel e Celeborn também podem aparecer, já interpretados por Cate Blanchett e Marton Csokas, respectivamente. Contudo, ainda não há confirmação de retorno de membros do elenco original ou de envolvimento de Peter Jackson, diretor da trilogia no cinema.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Warner Bros

Novos personagens

Se a série partir da queda de Númenor, é possível que vejamos dois dos cinco Magos chegarem à Terra-Média. Após esse acontecimento, que afunda a ilha, cinco Maiar (espíritos ancestrais) vêm ao lugar para unir as pessoas contra Sauron. Dentre eles, já conhecemos Gandalf e Saruman, mas dois deles nunca foram realmente desenvolvidos por Tolkien.

Acredita-se que a dupla, chamada de Magos Azuis, pode chegar à Terra-Média durante a Segunda Era. Supondo que o acordo da Amazon com a família Tolkien inclua materiais inacabados, talvez eles possam ser trabalhados na série.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Warner Bros

Outro personagem digno de ser adicionado à trama é Glorfindel. Após sua possível morte na Primeira Era, ele teria retornado para ajudar homens e elfos na guerra contra Sauron durante a Segunda Era. Nos livros, o lendário herói élfico faz uma notável aparição bem no começo, auxiliando Frodo até Valfenda; de lá, aparece apenas no casamento entre Aragorn e Arwen.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da Amazon

Foto: Warner Bros

A criação dos Nazgûl

Como mencionamos, além de contar com orcs e homens à sua disposição, a ascensão de Sauron foi marcada pelo surgimento dos Nazgûl, seus tenentes fantasmagóricos e parte fundamental de seu exército. Se o seriado focar a época em que o Senhor das Trevas estava em Númenor, os nove reis dos homens já estarão em posse de seus Anéis do Poder. Durante boa parte da Segunda Era, esses nobres aproveitaram a riqueza e a prosperidade que Sauron prometeu ao lhes dar os objetos.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Warner Bros

Entretanto, com a forja secreta do Um Anel, os reis se tornaram escravos do vilão. Inclusive, estar sob a influência do “precioso” por tantos anos os transformou em espectros invisíveis, enxergados apenas pelo próprio Sauron e por quem portasse o Um Anel. Na série, os eventos após a queda de Númenor podem transformá-los em grandes antagonistas das forças de Elrond, Galadriel, Anárion e Isildur, que cortou o Um Anel da mão de Sauron e se recusou a destruí-lo.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Warner Bros

Amazon reforçou segurança contra vazamentos

A falta de maiores informações também ganhou uma explicação. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a presidente da Amazon Studios, Jennifer Salke (foto abaixo), declarou que o seriado é planejado com um sigilo enorme, com direito a sala fechada por leitor biométrico só para pessoas autorizadas: “Tem uma sala de roteiristas incríveis trabalhando trancados, já produzindo um material realmente empolgante em Santa Monica.".

"[Para chegar lá] você tem que atravessar muita segurança, e eles têm todas as janelas vedadas. Um vigia fica de guarda no lado de fora e você precisa da digital para entrar, porque o quadro inteiro deles está com o planejamento da temporada”, explicou ela.

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da AmazonFoto: Chris Frawley

A série mais cara da história

O Senhor dos Anéis: tudo que sabemos sobre a série da Amazon

Foto: Amazon

E tanto cuidado tem motivo: o seriado é cotado como o mais dispendioso já feito. São US$ 250 milhões pelos direitos e mais US$ 250 milhões com produção e divulgação por temporada — a empresa já encomendou duas, resultando em US$ 750 milhões (cerca de R$ 2,8 bilhões).

Só em comparação, a sétima e a oitava temporadas de Game of Thrones custaram, juntas, US$ 190 milhões (cerca de R$ 727 milhões).

A série O Senhor dos Anéis no streaming da Amazon tem previsão de estreia para 2020.

Este texto foi escrito por Caíque Pereira via nexperts.