É inegável a enorme influência da cultura pop sul-coreana no Ocidente nos últimos anos. Seja com os animados grupos de K-pop, que fazem sucesso entre os jovens, seja com os fantásticos K-dramas, disponíveis em serviços de streaming, a Coreia tem mandado muito bem em suas produções. Agora é a vez de a literatura ganhar plataforma: o livro Pachinko (2017), da autora Min Jin Lee, terá uma série só sua produzida para a Apple TV.

Pachinko conta a história de quatro gerações de uma família de imigrantes coreanos através de seus sonhos e suas esperanças. Começando em 1883, o livro trata de temas como amores proibidos, conflitos entre a Coreia e o Japão, guerra, imigração, perdas, triunfos e acerto de contas. Para manter a fidelidade ao original, a série será em inglês, coreano e japonês, as três línguas que o compõem.

Reprodução/Grand Central Publishing

Lee nasceu em Seul, capital da Coreia do Sul, e foi para os Estados Unidos ainda criança, o que influenciou sua escrita e suas histórias. Pachinko é seu segundo livro, que foi finalista do prêmio National Book Award for Fiction e considerado um dos melhores do ano por diversos veículos, como The New York Times, BBC, Esquire e The Guardian.

A série será adaptada por Soo Hugh, conhecida pelo seu trabalho nas séries The Terror, The Whispers e Under the Dome, que também será showrunner e produtora executiva do projeto. A responsável será a Media Res, que adquiriu os direitos do livro, e seu fundador, Michael Ellenberg, será produtor executivo junto a Lee.

Este texto foi escrito por Carolina Bernardi via nexperts.