A Marvel Studios recontratou o cineasta James Gunn para o comando do filme Guardiões da Galáxia Vol.3 nas funções de roteiro e direção.

Gunn havia sido demitido no ano passado após antigos tweets com piadas de mau gosto (envolvendo pedofilia) ressurgirem na web, forçando a Marvel e a Disney a se distanciarem do cineasta.

Desde então, o presidente da Walt Disney Studios, Alan Horn, se encontrou em múltiplas ocasiões com James Gunn para discutir a situação. Persuadido pelo pedido público de desculpas de Gunn e pela maneira como ele lidou com a polêmica, Horn decidiu reverter a decisão e restabeleceu Gunn na direção de Guardiões da Galáxia Vol.3.

James Gunn volta à cadeira de direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 (Marvel Studios).

Gunn assumirá o comando de Guardiões da Galáxia Vol. 3 após finalizar Esquadrão Suicida 2, filme da DC ao qual foi contratado ao ser demitido da Marvel.

O retorno de James Gunn para a Marvel Studios se tornou possível pela forma como o cineasta respondeu a toda essa polêmica, lamentando os antigos tweets que escreveu – na época em que tentava chamar a atenção de Hollywood – e sem atacar a Marvel ou a Walt Disney Studios pela sua demissão.

Além disso, a Marvel Studios nunca chegou a procurar um substituto para Gunn, apesar dos rumores que circularam envolvendo os nomes de Taika Waititi (Thor: Ragnarok) e Adam McKay (Vice). O estúdio havia informado que usaria o roteiro pronto de James Gunn, mas nunca se pronunciou sobre um novo diretor para Guardiões da Galáxia Vol. 3.

Durante o afastamento, Gunn recebeu o apoio do elenco de suas produções anteriores na Marvel, o que também ajudou a restabelecer seu posto como diretor do terceiro filme da franquia intergaláctica.

E aí, gostou de saber que James Gunn vai dirigir Guardiões da Galáxia Vol. 3? Comente abaixo.