Conhecido por filmes de ação como Kingsman: Serviço Secreto (2014) e Robin Hood: A Origem (2018), Taron Egerton já está acostumado com uma rotina rigorosa de treinamento e preparação em seus papéis. Isso não significa que interpretar Elton John no filme sobre sua vida, Rocketman, não tenha sido um desafio para o ator inglês de 29 anos.

Além da responsabilidade de se colocar nos pés do gigante do pop rock britânico, Egerton precisou passar por mudanças físicas, adaptar-se a prostéticos e aprender a cantar. O ator também teve aulas de dança que não ficaram para trás de nenhum treinamento de agente secreto ou com arco e flecha.

“Eu achei bastante desafiador, principalmente porque demorou um tempo até eu adquirir confiança. Eu penso que é por isso que fazemos esses períodos de treinamento antes de iniciarmos as filmagens, porque ganhamos a confiança que nos permite esquecer nossas inseguranças no estúdio e apenas focar em entreter”, explicou.

Egerton não esteve sozinho nessa jornada. O ator Richard Madden (Game of Thrones, Bodyguard), que interpretará John Reid — o ex-agente de Elton John —, também precisou aprender a dançar. “Muitas das cenas de dança no filme eu faço com Richard Madden. Nós dois passamos por isso juntos porque nós, bem, nós somos okay, mas nada excepcionais”, disse ele. Reid também foi agente da banda britânica Queen e recentemente foi interpretado por Aidan Gillen (Game of Thrones) no filme Bohemian Rhapsody (2018).

Falando em Bohemian Rhapsody, Rocketman terá algumas diferenças em relação ao filme de Freddie Mercury. “Todo mundo acha que é uma cinebiografia. Não é. É uma fantasia musical, então na verdade as músicas dele [John] são usadas para expressar partes importantes em sua vida em momentos emotivos. Ele não é o único personagem que canta. Vai ser divertido”, revelou Egerton.

O ator também teve que aperfeiçoar suas habilidades vocais. Ao contrário de Rami Malek, que acabou de receber um Oscar por sua interpretação de Mercury, Egerton não fará apenas dublagens das músicas originais — emprestará sua voz ao Elton John das telonas.

“Fiz aulas de canto… Eu farei tudo. Farei tudo no estúdio também. Nós usaremos uma variedade de técnicas, mas cantarei no estúdio. Nada de dublagem. Eu não estou interessado em fazer dessa forma”, contou em entrevista ao portal Collider. Sobre cantar ao vivo, disse: “Eu penso que é necessário; de outra forma, você não consegue sentir o que o personagem está expressando. Não é apenas sobre cantar uma música. A nossa versão é sobre expressar onde os personagens estão através da música, e não dá para fazer isso com dublagem. Não funciona”.

Rocketman é dirigido por Dexter Fletcher — que finalizou Bohemian Rhapsody após a demissão de Bryan Singer —, escrito por Lee Hall e produzido por Adam Bohling, David Furnish, Elton John, David Reid e Matthew Vaughn. No elenco, além de Egerton e Madden, estrelarão Jamie Bell e Bryce Dallas Howard. A estreia nos cinemas brasileiros está prevista para o dia 30 de maio.

Mais de Rocketman:

Este texto foi escrito por Carolina Bernardi via nexperts.