Quem se lembra do debate sobre a falta de Oscar de Leonardo DiCaprio? Ele foi indicado cinco vezes pela Academia até finalmente receber o prêmio de Melhor Ator em 2016, por sua atuação no filme O Regresso (2015). Por incrível que pareça, existem vários atores que foram indicados ainda mais vezes do que DiCaprio — e nunca ganharam um Oscar.

Alguns ainda têm chances e inclusive foram indicados neste ano — Glenn Close, Amy Adams, Willem Dafoe e Bradley Cooper —, mas outros faleceram antes de conseguir realizar esse sonho. Confira abaixo uma lista de artistas que receberam entre quatro e oito indicações, mas nunca ganharam o prêmio.

Agnes Moorehead – 4 indicações

Reprodução/Warner Bros.

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: Soberba (1942), Mrs. Parkington, A Mulher Inspiração (1944), Belinda (1948) e Com a Maldade na Alma (1964).

Annette Bening – 4 indicações

Reprodução/Sony Pictures Classics

Indicações para Melhor Atriz: Beleza Americana (1999), Adorável Julia (2004) e Minhas Mães e Meu Pai (2010).

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: Os Imorais (1990).

Barbara Stanwyck – 4 indicações

Reprodução/Paramount Pictures

Indicações para Melhor Atriz: Stella Dallas, A Mãe Redentora (1937), Bola de Fogo (1941), Pacto de Sangue (1944) e Uma Vida por um Fio (1948)

Em 1981, Stanwyck ganhou um prêmio honorário da Academia pelo conjunto de sua obra.

Bradley Cooper – 4 indicações

Reprodução/Warner Bros. Pictures

Indicações para Melhor Ator: O Lado Bom da Vida (2012), Sniper Americano (2014) e Nasce Uma Estrela (2018).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: Trapaça (2013).

Charles Boyer – 4 indicações

Reprodução/Metro-Goldwyn-Mayer

Indicações para Melhor Ator: Madame Walewska (1937), Argélia (1938), À Meia-luz (1944) e Fanny (1961).

Claude Rains – 4 indicações

Reprodução/RKO Radio Pictures

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: A Mulher Faz o Homem (1939), Casablanca (1942), Vaidosa (1944) e Interlúdio (1946).

Ed Harris – 4 indicações

Reprodução/Paramount Pictures

Indicações para Melhor Ator: Pollock (2000).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: Apollo 13 (1995), O Show de Truman (1998) e As Horas (2002).

Jane Alexander – 4 indicações

Reprodução/Warner Bros.

Indicações para Melhor Atriz: A Grande Esperança Branca (1970) e Herança Nuclear (1983).

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: Todos os Homens do Presidente (1976) e Kramer vs. Kramer (1979).

Marsha Mason – 4 indicações

Reprodução/Columbia Pictures

Indicações para Melhor Atriz: Licença para Amar até a Meia-Noite (1973), A Garota do Adeus (1977), Capítulo Dois: Em Busca da Felicidade (1979) e O Doce Sabor de um Sorriso (1981).

Michelle Williams – 4 indicações

Reprodução/The Weinstein Company

Indicações para Melhor Atriz: Namorados Para Sempre (2010) e Sete Dias com Marilyn (2011).

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: O Segredo de Brokeback Mountain (2005) e Manchester à Beira-Mar (2016).

Mickey Rooney – 4 indicações

Reprodução/Metro-Goldwyn-Mayer

Indicações para Melhor Ator: Sangue de Artista (1939) e A Comédia Humana (1943).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: O Preço da Audácia (1956) e O Corcel Negro (1979).

Em 1938, Rooney recebeu o prêmio agora descontinuado Academy Juvenile Award e, em 1982, um prêmio honorário da Academia pelo conjunto de sua obra.

Montgomery Clift – 4 indicações

Reprodução/Roxlom Films

Indicações para Melhor Ator: Perdidos na Tormenta (1948), Um Lugar ao Sol (1951) e A um Passo da Eternidade (1953).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: O Julgamento de Nuremberg (1961).

Rosalind Russel – 4 indicações

Reprodução/RKO Radio Pictures

Indicações para Melhor Atriz: Solteira às Soltas (1942), Sacrifício de uma Vida (1946), Conflito de Paixões (1947) e A Mulher do Século (1958).

Willem Dafoe – 4 indicações

Reprodução/Riverstone Pictures

Indicações para Melhor Ator: No Portal da Eternidade (2018).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: Platoon (1986), A Sombra do Vampiro (2000) e Projeto Flórida (2017).

Albert Finney – 5 indicações

Reprodução/Universal Pictures

Indicações para Melhor Ator: As Aventuras de Tom Jones (1963), Assassinato no Expresso do Oriente (1974), O Fiel Camareiro (1983) e À Sombra do Vulcão (1984).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: Erin Brockovich, Uma Mulher de Talento (2000).

Arthur Kennedy – 5 indicações

Reprodução/Universal Pictures

Indicações para Melhor Ator: Só Resta a Lembrança (1951).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: O Invencível (1949), A Fúria dos Justos (1955), A Caldeira do Diabo (1957) e Deus Sabe Quanto Amei (1958).

Irene Dunne – 5 indicações

Reprodução/RKO Radio Pictures

Indicações para Melhor Atriz: Cimarron (1931), Os Pecados de Theodora (1936), Cupido é Moleque Teimoso (1937), Duas Vidas (1939) e A Vida de um Sonho (1948).

Amy Adams – 6 indicações

Reprodução/Plan B Entertainment

Indicações para Melhor Atriz: Trapaça (2013).

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: Retratos de Família (2005), Dúvida (2008), O Vencedor (2010), O Mestre (2012) e Vice (2018).

Debora Kerr – 6 indicações

Reprodução/United Artists

Indicações para Melhor Atriz: Meu Filho (1949), A um Passo da Eternidade (1953), O Rei e Eu (1956), O Céu por Testemunha (1957), Vidas Separadas (1958) e Peregrinos da Esperança (1960).

Em 1994, Kerr recebeu um prêmio honorário pelo conjunto de sua obra.

Thelma Ritter – 6 indicações

Reprodução/20th Century Fox

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: A Malvada (1950), O Quarto Mandamento (1951), Meu Coração Canta (1952), Anjo do Mal (1953), Confidências à Meia-Noite (1959) e O Homem de Alcatraz (1962).

Glenn Close – 7 indicações

Reprodução/Sony Pictures Classics

Indicações para Melhor Atriz: Atração Fatal (1987), Ligações Perigosas (1988), Albert Nobbs (2011) e A Esposa (2018).

Indicações para Melhor Atriz Coadjuvante: O Mundo Segundo Garp (1982), O Reencontro (1983) e The Natural (1984).

Richard Burton – 7 indicações

Reprodução/United Artists

Indicações para Melhor Ator: O Manto Sagrado (1954), Becket, o Favorito do Rei (1964), Espião que Veio do Frio (1965), Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1966), Ana dos Mil Dias (1969) e Equus (1977).

Indicações para Melhor Ator Coadjuvante: Eu Te Matarei, Querida (1952).

Peter O’Toole – 8 indicações

Reprodução/Buena Vista Pictures

Indicações para Melhor Ator: Lawrence da Arábia (1962), Becket, o Favorito do Rei (1964), O Leão no Inverno (1968), Adeus, Mr. Chips (1969), A Classe Dominante (1972), O Substituto (1980), Um Cara Muito Baratinado (1982) e Vênus (2006).

Em 2002, O'Toole recebeu um prêmio honorário pelo conjunto de sua obra.

Vários desses atores seguem na ativa e podem ainda receber um Oscar em vida. Quatro deles estão concorrendo ao prêmio deste ano: Glenn Close, Bradley Cooper, Amy Adams e Willem Dafoe. Por acaso eles estão entre suas apostas? Ou você tem outros favoritos para receber as estatuetas? Conte nos comentários!

Este texto foi escrito por Carolina Bernardi via nexperts.

Aquecimento Oscar 2019: