Após quase 2 anos de espera, os fãs de American Gods, série do canal Starz baseada na obra de Neil Gaiman, poderão finalmente curtir a segunda temporada. Com lançamento marcado para o dia 10 de março, a produção — que passou por diversas mudanças de direção e elenco — promete retornar mais próxima aos livros, mas ainda com muito conteúdo e espírito próprios.

“Definitivamente demorou para fazermos a segunda temporada, mas leva tempo para conseguirmos bons episódios. Acredito que todos preferimos que sejam bons do que saiam rápido”, afirmou Gaiman. Será que serão bons mesmo? Confira abaixo o que se sabe, até o momento, sobre a próxima temporada de American Gods.

Sob nova direção

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

Durante o intervalo entre temporadas, American Gods mudou de showrunners duas vezes. Originalmente comandada por Bryan Fuller e Michael Green, ela passou pelas mãos de Jesse Alexander, que — segundo o portal The Hollywood Reporter — não está mais trabalhando na série, apesar de ainda ser um produtor executivo.

A saída de Fuller, que ocorreu por diferenças criativas, trouxe também mudanças ao elenco. Kristin Chenoweth afirmou que não voltará à série sem o produtor, de quem é amiga de longa data. De acordo com Gaiman, Easter, personagem de Chenoweth, não teria participação na trama da segunda temporada, mas poderá voltar. “Em algum momento mais para frente, precisaremos de Easter novamente. Se vamos conseguir Kristin, ou outra pessoa, ainda não está definido”, revelou o autor durante uma conferência. “Easter só aparece depois de três quartos do livro.”

Novos Deuses

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

Chenoweth não será a única a sair da série. Gillian Anderson, que interpretou a Deusa Media, também não retornará para a segunda temporada. Seu contrato era apenas para a primeira, e Gaiman tem uma explicação para isso. “Media Velha foi gloriosa. Anderson interpretando Lucille Ball e Judy Garland é incrível, mas também não parece ser relevante para qualquer pessoa com menos de 25 anos interessada em mídia. Quando você precisa explicar para todos eles quem é Judy Garland em Easter Parade é bonito, mas parece algo que já deveria ter sido superado.”

A partir de análises como essas, Gaiman, que também é produtor executivo na série, revelou que novos “Novos Deuses” serão introduzidos na história. Além dos já estabelecidos no livro — que foi lançado em 2001 —, alguns outros serão atualizados para estarem mais de acordo com a realidade do momento. “Os Novos Deuses de 20 anos atrás parecem muito datados. A Nova Media é uma das novidades, ao contrário de encarnar ícones da TV e cinema, como com a Media Velha, Gaiman quer trazer alguém mais ao estilo Mark Zuckerberg, que ele define como “irritante”.

Retorno ao livro

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

A demissão de Fuller e Green teve a ver com diferenças criativas entre eles e o que o estúdio e Gaiman tinham em mente para a série. Uma dessas diferenças foi o afastamento do material de origem, o que ficou evidenciado pelo comentário do ator Ian McShane, que interpreta o personagem Mr. Wednesday:

“A segunda temporada é uma ótima forma de voltar ao livro, do qual eu acredito que nos afastamos na primeira [...] Nós precisávamos nos alinhar com o livro, o que significa reunir Shadow com sua própria história, seu relacionamento com Laura e o complicado relacionamento de Laura com Sweeney.” Ele ainda acrescenta que “Gaiman escreveu uma ótima base para uma série de TV que pode ir para onde quiser, desde que permaneça fiel às suas raízes.”

Shadow reage

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

Enquanto na primeira temporada Shadow passava mais tempo estranhando as ocorrências ao seu redor, na segunda ele estará mais ativo. “A temática da primeira temporada era: coisas estranhas ocorrem e Shadow fica ‘o que diabos está acontecendo?’. Na segunda temporada, coisas estranhas ainda vão acontecer, mas agora ele aprenderá sobre elas.”

Um propósito para Laura

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

A atriz Emily Browning, que interpreta Laura, esposa de Shadow, revela que a segunda temporada inicia 30 minutos depois de quando a primeira acaba e o que isso significa para ela. “Laura finalmente tem Shadow em sua frente. Agora que ela tem o que quer, talvez não tenha tanta certeza assim. Ele não é mais o Cãozinho dela, mas existe uma evolução para ela e sua trama nessa temporada, que é encontrar outra coisa para se focar além de Shadow. É sobre achar novas coisas pelas quais lutar.”

O passado de Mad Sweeney

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

Na segunda temporada, teremos a oportunidade de conhecer mais sobre 6 mil anos de história de Mad Sweeney (Pablo Schreiber). O personagem ganhará um episódio dedicado ao seu passado, o que agradou Gaiman: “Vocês descobrirão quem ele é, e isso é maravilhoso para eu me envolver. Falei com os roteiristas e com Pablo sobre o fato de que quando escrevi o livro eu tinha uma história enorme sobre Mad Sweeney que nunca incluí. Contei essa história, e eles construíram algo lindo e completamente louco com isso”. Ele ainda avisa aos fãs: “Não está no livro, mas acredito que as pessoas que amam o livro gostarão e as que nunca leram o livro, também”.

Nancy e Bilquis

American Gods: tudo o que sabemos sobre a 2ª temporadaReprodução/Starz

Mr. Nancy, personagem interpretado pelo ator Orlando Jones, se mostra bastante focado na guerra que está por vir e em sua relação com seus fiéis. “Seus fiéis, na América dos dias atuais, estão morrendo, e ele está procurando uma maneira de mantê-los vivos, porque é isso que empodera Nancy”, explica Jones. O ator também lembra o conselho que seu personagem deu a Mr. Wednesday na primeira temporada, sobre ter uma rainha, e explica a importância disso.

“Para mim isso significa especificamente Bilquis, porque é exatamente essa a rainha a quem ele está se referindo no final da temporada. Ela se encaixa nisso porque ele não pode ter uma guerra sem uma rainha. É esse aspecto de Nancy que o deixa muito focado em entender Bilquis, trazê-la para o seu lado e satisfazer seus próprios interesses, que eu acredito que sejam românticos no que se refere a ela.”

No Brasil, American Gods é transmitida pelo serviço de streaming Amazon Prime Video, que retém os direitos de distribuição internacional da série. Por aqui você poderá curtir os novos episódios no dia seguinte de sua transmissão nos EUA, sendo o primeiro no dia 11 de março.

Quais são as suas expectativas para a segunda temporada? Conte nos comentários!

Este texto foi escrito por Carolina Bernardi via nexperts.